Poemas -> Fantasia : 

NATUREZA ATIVADA

 
Tags:  poema  
 
NATUREZA ATIVADA
 
NATUREZA ATIVADA
(Jairo Nunes Bezerra)

A queda d´ água inesperada foi violenta,
Aconteceu ao romper de mais um belo dia...
Da praça corri... Fugi da minha andança lenta,
Foi-se a minha letargia!

Em casa fitei o teto úmido pressionado,
Telha envelhecida não suportara o gotejar...
Lamentei deveras um pouco irado,
E triste permaneci alheado no amplo lugar!

A vida (dizem) se perpetua com evoluções,
Auxiliadas por nossas crescentes emoções,
Variáveis no avançar do tempo!

Eis por que célere parti para o computador,
Busquei com sensatez o reflexo de teu amor,
E ofuscado fui pela inércia de contratempo!






 
Autor
Jairo Nunes Bezerra
 
Texto
Data
Leituras
63
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
2
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
rodas
Publicado: 16/02/2017 23:01  Atualizado: 16/02/2017 23:01
Da casa!
Usuário desde: 16/01/2017
Localidade:
Mensagens: 278
 Re: NATUREZA ATIVADA
É como dizem por ai:

Citando:
" O que não tem remédio remediado está "