Sonetos : 

50º Soneto

 
Levo no peito o teu desejo
As sombras que o dia tiver
Lembrança deste último beijo
Impossível se amor me trouxer

Nos teus olhos quero esquecer
Havendo noites maiores que dias
As palavras que me querias dizer

Lidas nas mãos de tantas utopias
Entrelaçadas no olhar, sem viver
Eterna beleza que me escondias


A Poesia é o Bálsamo Harmonioso da Alma

 
Autor
Alemtagus
Autor
 
Texto
Data
Leituras
45
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
14 pontos
2
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
lalinha-lee
Publicado: 18/05/2017 01:02  Atualizado: 18/05/2017 01:02
Novo Membro
Usuário desde: 22/01/2014
Localidade:
Mensagens: 7
 Re: 50º Soneto
Parabéns esta muito bonito, bastante profundo!!!