https://www.poetris.com/
Poemas : 

Alguma cor

 
aprendi a subir montanhas
quando os olhos disfarçam
a passagem de alguns dias
sombrios.

as mãos aguardam invernos.
deixam nas margens ofertas
aos deuses.

os sentimentos mais puros
multiplicam rios e amores.

não morrem as flores secas ao sol.
passam debaixo dos meus olhos,
transformam essências, invisíveis
jardins.

a poeira ofusca os templos,
instrumentos de arte
e dor.

os olhos atravessam caminhos
e alguma cor no meio do deserto.



A arte desenha as almas nos olhos úmidos e secos; movimenta mares e nuvens nas telas, com pincéis
e poemas nas na areia, nas pedras e nas estrelas.

 
Autor
RaipoetaLonato2010
 
Texto
Data
Leituras
72
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 18/07/2017 13:04  Atualizado: 18/07/2017 13:04
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8608
 Re: Alguma cor/ PARA RAI POETA LONATO
Olhos , mãos e coração na habilidade impressionante para lidar com as palavras, e suas possibilidades sonoras e visuais . Amo te ler, Rai poeta! Parabéns !

Beijos