https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Introspecção : 

Amor de prosa

 
Sou feito de versos frescos atirados a um rio pela manhã.
Dou por mim a cochichar com sílabas, com hífens e reticências.
Devagar troco poemas com o olhar na garota que passa na avenida.
Encosto-me a um ponto, dobro a perna numa vírgula, e interrogo-me: Porque me voam as prosas de um amor que nunca tive?

 
Autor
NunoNebel
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1962
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 04/02/2018 10:16  Atualizado: 04/02/2018 10:16
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29335
 Re: Amor de prosa
lindas palavras que se buscam nos verdadeiro sentido do amot