https://www.poetris.com/
Sonetos : 

AMPUTADA

 
Tags:  SONETOS 2018  
 
AMPUTADA

A parte que me falta não me impede
De qu'eu m'entregue toda em cada gesto.
E o louco rodopio a que me presto
Me faz com que do peito a dor se arrede.

Eu bailo sobre a bruma que antecede
O tombo sempre em risco manifesto.
Mas aproveito a luz de modo honesto
Ao sorrir quando a câmera me pede.

Pareço ser mais forte do que sou...
Mas, ou seguia então minha vida; ou
Logo a vida seguia mas sem mim.

E a alegria que tenho não é minha,
Mas sim da convicção que me sustinha
De que este não seria já meu fim.

Betim - 09 05 2018


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
70
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
0
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.