https://www.poetris.com/
Sonetos : 

PLEONÁSTICO n°1

 
Tags:  SONETOS 2018  
 
PLEONÁSTICO n°1

Às vezes, a entender o que se diz
Carece reforçar a frase dita.
Mesmo que não pareça tão bonita...
A alguns soando até meio infeliz.

O facto é que a clareza que se quis
Importa mais que a falta que ora irrita:
Ao mau entendedor, que se repita
Até que bem diante do nariz.

Ora redundante; ora reticente,
O discurso ardiloso se apresente,
Primeiro sendo e após especulando.

Não caiba dúvida onde comunica,
Certo de que a linguagem é mais rica
Se bem enfatizar de vez em quando.

Betim - 28 06 2018


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
90
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
8 pontos
4
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Álvaro
Publicado: 28/06/2018 16:29  Atualizado: 28/06/2018 16:29
Da casa!
Usuário desde: 02/09/2009
Localidade: Serra Talhada - Pe
Mensagens: 268
 Re: PLEONÁSTICO
Dizem que só os poetas entendem o que escrevem. Eu discordo, certo que há exceções, alguns textos são realmente esdrúxulos, mas em sua maioria, um olhar mais aguçado resolve! Ótimo soneto Ricardo.


Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 09/07/2018 18:54  Atualizado: 09/07/2018 18:54
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 11918
 Re: PLEONÁSTICO n°1
Achei bom e interessante, aprender sempre! Abraço


Pois, tudo o que é demais
parece ás vezes fraqueza,
quem tudo quer tudo perde
no poupar está a presteza…