https://www.poetris.com/
 
Prosas Poéticas : 

As variantes do amor

 
Open in new window

Amor atura a dor
Mas não sobrevive a ausência,
Arca com o sofrimento
Mas repudia o silêncio.
Amor aceita a reconciliação
Mas detesta a incompreensão.
Amor aceita avaliação
Mas abjura a rejeição.
De afetos se vive o amor
Mas repudia afetos a três.
Amor gosta da partilha
Mas rejeita partilha fora do lar,
Cora e morre de ciúme.
Amor se conforma
Com o revés do quer
Mas padece com a traição.
Amor se abona de grandeza
Mas cabe no pequeno coração
Que se deixa apaixonar.
Amor abre portas dos corações
Mas nem todas as portas
Dos corações se abrem ao amor.
Amor detesta ficar de fora,
Procura outras portas em outros corações,
Se não os encontrar, morre nas ruas do ódio.

Adelino Gomes-nhaca


Adelino Gomes

 
Autor
Upanhaca
Autor
 
Texto
Data
Leituras
356
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
20 pontos
6
3
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Carii
Publicado: 03/09/2018 15:27  Atualizado: 03/09/2018 15:27
Colaborador
Usuário desde: 28/11/2017
Localidade:
Mensagens: 1772
 Re: As variantes do amor
O amor aparece simplesmente quando menos se espera... nas alturas em que o coração é solidão. Adorei ler estas variantes feitas ao amor! Abraço!


Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 03/09/2018 17:50  Atualizado: 03/09/2018 17:50
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 15186
 Re: As variantes do amor
O amor e suas ramificações! Amor incondicional (ou não). Um forte abraço e tudo de bom!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/09/2018 19:59  Atualizado: 03/09/2018 19:59
 Re: As variantes do amor
Não há como dizer outra palavra... Genial!
Bjs.