https://www.poetris.com/
Poemas : 

A soma

 
À espera de ti, não vi passar
a primeira escola de samba.


Peguei o cavalo,
segurei o galope.

Somávamos
dois mais dois
igual a cinco.

Repetimos o cálculo.
confirmava-se o resultado.

O tempo, a primeira certeza,
não deixa esquecer
dos maus-tratos.

No meio do caminho, temporais apagaram o motivo
da solidão.




O amor movimenta-se entre nuvens ao som dos poemas gravados nas pedras e nas águas.

 
Autor
RaipoetaLonato2010
 
Texto
Data
Leituras
51
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.