https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Embebidos em verdades ilusórias

 
Open in new window

Calculo a ansiedade
Dos olhares gulosos,
Postos à volta
Do sol poente

Onde homens e pastos
Se confundem
Com o verde dos prados,
Imitando voo das borboletas

Batem asas atrás do sol
Que vai dormir ao norte,
Deixando o sul à escura,
Escura como a ilusão dos homens

Ansiedade é igual a ilusão
Dos homens, que buscam a lua
Nos escombros da vida,
Embebidos em verdades ilusórias

Adelino Gomes-nhaca


Adelino Gomes

 
Autor
Upanhaca
Autor
 
Texto
Data
Leituras
288
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
27 pontos
5
3
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Upanhaca
Publicado: 09/05/2019 18:05  Atualizado: 09/05/2019 18:05
Colaborador
Usuário desde: 21/01/2015
Localidade: Sol Poente
Mensagens: 6296
 Re: Embebidos em verdades ilusórias
A ilusão não comanda os sonhos...



Enviado por Tópico
UMA MULHER UM POEMA
Publicado: 10/05/2019 20:14  Atualizado: 10/05/2019 20:14
Colaborador
Usuário desde: 26/04/2006
Localidade: São Paulo/SP
Mensagens: 2922
 Re: Embebidos em verdades ilusórias
Boa tarde, Poeta Adelino,

Muitas vezes a ansiedade causa ilusões, distorce a realidade.

Parabéns pela expressiva criação poética!

Um grande abraço!