https://www.poetris.com/
Poemas : 

Eterno Enquanto Dure

 
Se hoje eu te beijo as faces do rosto
E faço mais de mil afagos nos teus cabelos
É simplesmente pelo motivo que me dá gosto
Sentir os dedos felizes por percorrê-los...

Sinto vontade de te fazer um toucado
Tudo para meu deleite e gozo só meu
Entrelaço os fios procurando um penteado
Onde te elevo para mais próxima de Deus.

Fico a te endeusar quando senta em meu colo
E nas noites frias eu fico a velar os teus sonos
Fico ali a te admirar, teus cabelos encaracolo
Depois os solto pelo ar e, do nada, abandono-os.

É que me fascina o espetáculo da fabulosa queda
Quando eu vejo o balé dos fios intercalados caindo
Em mim fixa aquela imagem e é ela que impera
Quando meus olhos de meninos estão dormindo...


Nos meus sonhos desejo que os minutos
Se estiquem por dias e dias e por séculos
E séculos; Que se multipliquem pelo mundo
Provando que o Amor é duradouro e eterno...



Gyl Ferrys

 
Autor
Gyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
143
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
17 pontos
5
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jorge-Santos
Publicado: 22/07/2019 16:21  Atualizado: 16/08/2019 15:33
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 1937
 Re: Eterno enquanto dura











Tudo é eterno enquanto dura,
o choro de um recém-nascido,
o riso, o pranto, a vontade do atleta,
o enquanto ...
o ouro puro, a fruta madura,
o verde da floresta...a consciência !
















Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 24/07/2019 12:21  Atualizado: 24/07/2019 12:21
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12513
 Re: Eterno Enquanto Dure P/Gyl
Sonhos bons não deviam acabar... só, que é bem melhor, acordar! Abraço grande e olhos abertos Vó

Enviado por Tópico
Eureka
Publicado: 05/08/2019 12:57  Atualizado: 05/08/2019 12:57
Colaborador
Usuário desde: 02/10/2011
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4213
 Re: Eterno Enquanto Dure P/Gyl
Bom dia GYL,

Com muita humildade e após fazer a leitura do que belissímo poema, me atrevo a escrever que o título que escolheste para o teu poema, fica muito além do conteúdo... Apenas menciona o que tu pretendes!

Estes delicadissímos versos são de uma tal ternura que me comoveu. Um homem a escrever estes versos, será um Senhor, para mim, imaginaria mais possível uma mulher adiantar-se a fazer este relato apaixonado do que um homem. Lá está: porque supostamente, os homens não se deixam ver na sua total nudez interior, quanto ao que adoram fazer em detalhes inconfessáveis, de "Simples caricias", pela sensibilidade feliz do amor que sentem pela mulher que está ali ao seu lado.
Mas, foi uma felicidade para mim te ler aqui. Fui sorrindo, sorrindo... pareciam coisas minhas que estava lendo e que, não eram minhas eram tuas, felizmente.

Muitos parabéns pelos versos, pelo poema e pelo encanto da sensibilidade que nos deixaste ler directamente do teu interior.

Beijos
Maria