https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Vão em vã glória

 








Em vã glória, vão os homens.
Vão de erro em erro.
Em vão êxito. Na vã loucura.
Entre as ruínas da ilusão. Vão em vão pensamento.
Desconhecem a fragrância das flores e a forma régia das árvores.
Deve o homem em cada dia praticar a paciência e a mansidão.
Na natureza está a mais sã companhia.
E, não será em vão a safra dos dias em que se pratica
a verdade livre das companhias inóspitas,
permanecendo dentro de ti próprio.
O espírito e a mente nunca se mostram sós.
Por a solidão ser a mais sociável das companhias.
O homem que trabalha e pensa, caminha
sem nunca passar no deserto dos homens que vão na vã andança,
pois não vão em vão os homens que rezam e discursam em liberdade.
Não se perde na floresta, nem na vã luxuria,
o homem que vive à margem de semelhantes comensais,
por saber contemplar as pedras no seu local de origem.
Vão em vão as multidões de vã sabedoria.















Zita Viegas















 
Autor
atizviegas68
 
Texto
Data
Leituras
251
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
20 pontos
6
3
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 26/12/2019 19:37  Atualizado: 26/12/2019 19:37
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29394
 Re: Vão em vã glória
Maravilhosas sua poesia, uma oração poética comovente


Enviado por Tópico
boxer
Publicado: 27/12/2019 07:58  Atualizado: 27/12/2019 07:58
Colaborador
Usuário desde: 21/01/2009
Localidade:
Mensagens: 784
 Re: Vão em vã glória
.
A minha cara amiga lembra-me H. D. Thoreau:

"I went to the woods because I wished to live deliberately, to front only the essential facts of life, and see if I could not learn what it had to teach, and not, when I came to die, discover that I had not lived."

Gostei da sua reflexão, muito a propósito para os últimos dias do ano.
Um abraço.