https://www.poetris.com/
Sonetos : 

Vida campestre

 
Tags:  tempo    flores    riacho    semana    soberania.  
 
Vida campestre

Agora vamos caminhar pela campina
Ver o orvalho caindo sobre as flores
Ouvir as águas do riacho em surdina
Sentir da relva os seus bons olores

Esquecer tudo o que há na cidade
Nem que for por uma só semana
Voltar ao bom tempo da felicidade
Matar a saudade da velha choupana

Correr pelos campos atrás da alegria
Viver como um rei com a soberania
Do tempo que foi e não volta mais

Mas tudo é sonho e não acontece
Viver na cidade não há quem merece
O melhor é viver com bens naturais.

jmd/Maringá, 17-05-20


verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
30
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.