https://www.poetris.com/
 
Prosas Poéticas : 

Teu molhado sorriso, me mata…

 
Open in new window

Naquele dia…
Naquele dia que te dei
Meu primeiro beijo, o sol sorria
No horizonte, vestido de rosas,
E fugia da noite que se avizinhava,
Mas teve tempo de dizer “olá”
Às estrelas que acabavam de acordar
No céu choroso.
Chovia aos cântaros naquele dia,
Os rios avolumavam
E iam beijar o mar,
As gaivotas estavam em festa,
E com seus voos acrobáticos,
Furavam o mar com seus aguçados bicos.
Tudo isso era lindo, lindo demais,
Mas tão lindo como teu molhado
Sorriso, não havia nada igual.
Deus te fez no dia das santas,
Te fez só pra mim, te fez à medida
Do meu coração que tanto te ama.
Não muito longe dali, ouvia-se o uivo
Dum lobo solitário, que quis adiantar a noite
Na plena luz da tarde, e longe, muito longe,
Ouvia-se o canto das sereias e choro das ondas,
Que iam suicidar às orlas do revoltoso mar.
Tudo estava tão calmo, menos o arfar
Dos nossos corações, olhei-te nos olhos
E nesse oceano verde, vi uma lágrima
Mesclada de sorriso, estavas tão emocionada
Com tudo o que nos rodeava naquele dia.
Estavas, estavas tão absorvida
Pelos encantos da natureza,
Encostei meus lábios em teus lábios,
E com um beijo molhado de amor,
Te trouxe ao mundo real,
Mundo da paixão e do amor – nosso mundo.

Adelino Gomes-nhaca


Adelino Gomes

 
Autor
Upanhaca
Autor
 
Texto
Data
Leituras
257
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
13 pontos
1
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Upanhaca
Publicado: 27/03/2023 12:29  Atualizado: 27/03/2023 12:29
Membro de honra
Usuário desde: 21/01/2015
Localidade: Sol Poente
Mensagens: 7809
 Re: Teu molhado sorriso, me mata…
...e tão longe,
tão longe de todos os olhares,
menos o ciumento olhar da lua,
deite meu primeiro beijo.

Open in new window