https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Quem Sou Eu

 
Eu sou um poema sangrento e sadio.
Eu sou um poema de pomo perfeito
Sou Vulgo veneno sugado do peito
De um deus não distante que vive no cio

Eu sou a sereia na areia do rio
A cárie que rói seu passado e presente
Do tal Paraíso eu sou a serpente
De outra serpente do mal advindo.

Sou sombra secreta de plúmbeo poliéster
Sou filho do filho do pai do seu filho
Sou aquela sombra do Fausto de Goeth
O ponto final da estrofe e estribilho.

O jacto de sêmen em láctea galáxia
De um Hércules que beira o corcunda Quasímodo
Na rima de Roma eu sou a cloaca
De um povo "de bem" tão profano e fingido.

Eu sou a esfera que gira e que gera
A fera que fica em repouso velado
Na noite do tempo eu sou o passado
Sou fogo gelado do fundo da Terra

Eu sou a miséria que leva e que erra
A todo instante eu domo e domino
Sou deusa dos homens e deusa da guerra
Sou anjo do mal sacrossanto e divino.

Transforme em pedra o pão que eu te dei
Se proste aos meus pés que te vendo universos
Derrubem as torres dos versos dispersos
Ditados nos dias do único Rei.

Não seja adiposo nem suje a esponja
Que limpa a face sedenta de mim
Eu sou o princípio, o meio e o fim
Eu porto a luz que ilumina. Sou lisonja.

Eu sou o mistério das coisas dos mundos
Das coisas da vida eu sou o saber
Ninguém nesta vida merece morrer
Distante dos planos que tenho, profundos...

Por isso não tente saber quem eu sou
Sou tudo que passa e de tudo sou dono.
Cuidado comigo que roubo o seu trono
No piscar do olho cinzento da garça.

O sétimo elo, a sétima besta
O primo furor de um dia aziago
Implore ao seu Deus que eu nunca apareça...
Prazer, pra você, eu meu chamo... Diabo!




.



Gyl Ferrys

 
Autor
Gyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
317
Favoritos
5
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
60 pontos
8
6
5
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Nininha
Publicado: 06/07/2023 19:57  Atualizado: 06/07/2023 19:57
Membro de honra
Usuário desde: 14/04/2016
Localidade:
Mensagens: 1778
 Re: para Gyl
Somos todos esse Deus e esse Diabo <3
A humanidade é a tempestade e a bonança...
Temos muita responsabilidade nos nossos pensamentos e atos!
Adorei a leitura, como sempre, meu grande poeta amigo.
beijos mil Gyl


Enviado por Tópico
Sergius Dizioli
Publicado: 06/07/2023 23:09  Atualizado: 06/07/2023 23:09
Administrador
Usuário desde: 14/08/2018
Localidade: काठमाडौं (Nepal)
Mensagens: 2221
 Re: Quem Sou Eu
Sim, somos todas e cada uma dessas instâncias. Um poema intrigante de verdade.
Há muitos anos quando Mike Jagger e Keith Richards pensaram nesse assunto deram luz a Sympathy for Devil. Hoje ficariam decepcionados consigo mesmos se lessem este poema. Ou quem sabe veríamos Sympathy for Devil 2?
Seja lá como for é muito bom o poema, ora diabos! Saudações.


Enviado por Tópico
GabrielaMaria
Publicado: 07/07/2023 00:20  Atualizado: 07/07/2023 00:20
Membro de honra
Usuário desde: 04/09/2022
Localidade:
Mensagens: 911
 Re: Quem Sou Eu
.
Não posso no momento consumir cultura, o meu futuro não está morto, então o caminho mais curto para chegar aos grandes são por indicações e por coincidência fui ver o filme de William Shakespeare, e ele diz as palavras o filho do filho e lembrei do seu poema é lhe encontrei no filme.
Ao ver a cena das folhas caírem no chão percebo que o ciclo é natural e não é um querer, não temos o controle, o tempo prepara as folhas para caírem para simplesmente a vida se renovar. Abraços.


Enviado por Tópico
Susi*
Publicado: 25/07/2023 21:13  Atualizado: 06/09/2023 11:59
Membro de honra
Usuário desde: 26/11/2017
Localidade:
Mensagens: 129
 Re: Quem Sou Eu
Olá!

Eu sou uma montanha russa de emoções!

Que beleza de poema Gyl
Abraço