https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Humor : 

A lebre de ouro

 
A lebre,
a feliz lebre,
corria e parava,
feliz corria e parava;
dava aos outros o mote,
feliz dava aos outros o mote...
num dia de febre
a lebre ( que nem uma louca corria),
cortou a meta em primeiro
e perdeu assim
o dia.


A minha pátria é a língua portuguesa.
Bernardo Soares

Saibam que agradeço todos os comentários, de coração...
Por regra não respondo.



5000m Olimpicos de Pequim 2008
 
Autor
Rogério Beça
 
Texto
Data
Leituras
650
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Julio Saraiva
Publicado: 21/08/2008 14:54  Atualizado: 21/08/2008 14:54
Colaborador
Usuário desde: 13/10/2007
Localidade: São Paulo- Brasil
Mensagens: 4206
 Re: A lebre de ouro p/Rogério Beça
se esta lebre seguisse os passos de annabárbara, cheiraria o tal do pó pirlimpimpim e não perderia o dia. mas esta sua lebre, amigo rogério, é de paz.

abração, irmão.

júlio

Enviado por Tópico
Ledalge
Publicado: 21/08/2008 14:55  Atualizado: 21/08/2008 14:55
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2007
Localidade: BRASIL
Mensagens: 6880
 Re: A lebre de ouro
UMA LEBRE FELIZ RECUPERA O TEMPO PERDIDO. VALEU POETA! BEIJOS

Enviado por Tópico
Carolina
Publicado: 21/08/2008 15:27  Atualizado: 21/08/2008 15:27
Colaborador
Usuário desde: 04/07/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 3535
 Re: A lebre de ouro
Ganhamos uma medalha???Não me digas, só sei que um avião ficou em terra, não conseguiu descolar ...

A lebre não cortou em primeiro lugar, foi uma tartaruga, pelo menos no conto, se calhar não era a tua.

Gostei da história e da forma como está disposta, parabéns.

beijos

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 21/08/2008 15:40  Atualizado: 21/08/2008 15:40
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11186
 Re: A lebre de ouro
Rogério,
a lebre que deixou de dar e passou a receber, perdeu o verdadeiro sentido da vida.
Bjs
Nanda