https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

A voz do meu sentido

 
Sempre
que oiço a tua voz,
como que meu corpo
estremece,
minha mente
entontece.
Depois...depois
tudo acontece,
nada perece,
o amor apetece,
minha raíz
se estabelece...

Sempre
que oiço a tua voz,
algo em mim
se altera,
tudo fica suave
e terno,
como estar
na primavera,
neste agreste
e frio inverno...

Sempre
que oiço a tua voz...
quero ouvi-la
outra vez!




António MR Martins
Tem 12 livros editados. O último título "Juízos na noite", colecção Entre Versos, coordenada por Maria Antonieta Oliveira, In-Finita, 2019.
Membro do GPA-Grupo Poético de Aveiro
Sócio n.º 1227 da APE - Associação Portugues...

 
Autor
António MR Martins
 
Texto
Data
Leituras
1012
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
36 pontos
20
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Karla Bardanza
Publicado: 24/01/2009 00:53  Atualizado: 24/01/2009 00:53
Colaborador
Usuário desde: 24/06/2007
Localidade:
Mensagens: 3491
 Re: A voz do meu sentido
Toda vez que te leio, quero te ler!

Beijo

Karla Bardanza


Enviado por Tópico
csantos
Publicado: 24/01/2009 00:57  Atualizado: 24/01/2009 00:57
Da casa!
Usuário desde: 17/08/2008
Localidade: Luxemburgo
Mensagens: 273
 Re: A voz do meu sentido
sempre que leio os seus poemas fico com uma sensação de serem curtos, de querer ler mais
um abraço
cs


Enviado por Tópico
Ibernise
Publicado: 24/01/2009 01:14  Atualizado: 24/01/2009 01:14
Colaborador
Usuário desde: 04/10/2007
Localidade: Indiara(GO)
Mensagens: 1460
 Re: A voz do meu sentido
Muito belo este sentir caríssimo amigo e ilustre poeta. A voz do ser amado, é puro desejo que acende a paixão, muito belo e terno.

Parabéns amigo, eu recomendo.

bjs

ótimo findi semana

Ibernise


Enviado por Tópico
amopoesias
Publicado: 24/01/2009 03:21  Atualizado: 24/01/2009 03:21
Da casa!
Usuário desde: 24/07/2008
Localidade:
Mensagens: 311
 Re: A voz do meu sentido
"Depois...depois
tudo acontece,
nada perece,
o amor apetece,
minha raíz
se estabelece..."

verdadeiro amor deixa raizes encrustadas!
Parabéns pelo lindo poema!
ótimo findi!

bjs

diná


Enviado por Tópico
GE3
Publicado: 24/01/2009 11:12  Atualizado: 24/01/2009 11:12
Da casa!
Usuário desde: 22/09/2008
Localidade: Moçambique
Mensagens: 353
 Re: A voz do meu sentido
um poema que pode ser duplo de sentidos, no amor, pela voz-pessoa e pela escrita-poesia. e como tudo que o amor tem há a magia da beleza que dança entre as palavras.
abraço


Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 24/01/2009 15:15  Atualizado: 24/01/2009 15:15
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 12082
 Re: A voz do meu sentido
A voz do amor num poema apaixonante.

BEIJOS


Enviado por Tópico
OctáviodaCunha
Publicado: 24/01/2009 18:28  Atualizado: 24/01/2009 18:28
Muito Participativo
Usuário desde: 24/01/2009
Localidade:
Mensagens: 55
 Re: A voz do meu sentido
um poema com todo o sentido
parabéns
abraço


Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 24/01/2009 23:06  Atualizado: 24/01/2009 23:06
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: A voz do meu sentido
A sua poesia; Antónia, está sempre carregada
de uma ternura comovente e de uma beleza intrínseca
a essa mesma ternura.
Muito bonito!
Beijo
Vóny Ferreira


Enviado por Tópico
mim
Publicado: 24/01/2009 23:50  Atualizado: 24/01/2009 23:50
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2008
Localidade:
Mensagens: 2858
 Re: A voz do meu sentido
Primo
È sempre bom ouvir a voz do amor...o António escreve muito bem!

Beijos doces


Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 25/01/2009 23:49  Atualizado: 25/01/2009 23:50
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11186
 Re: A voz do meu sentido
António,
A voz da pessoa amada é sempre música para os nossos ouvidos.
Poema lindo e pleno de significado.
Beijinho
Nanda