https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Tu Sentes

 
Posso para aqui divagar
Assumo, sem sentido.
Mas não consigo lamentar
Um dia ter-te conhecido!

A inspiração está a flutuar
Como espuma em água salgada.
Quero estar ao luar
Para te possuir, ó luz sagrada!

Vieste, aos poucos, me iluminar
No campo mais complicado.
Amor, será que sei amar?
É em ti que estou confrontado.

Só a certeza absoluta
Dentro da minha cabeça.
Sou vencedor desta disputa.
Nada há que a razão não esqueça.

E por falar em razão,
Que concilia o amor com prazer,
Inimiga do coração,
Ela é fria, nunca o pode aquecer.

Para trás, estou deixando
Os problemas existentes.
E, com fé, te amando
Eu sinto, tu sentes!

11 de Fevereiro de 1999


© Gonçalo Lobo Pinheiro

 
Autor
glp
Autor
 
Texto
Data
Leituras
539
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
António MR Martins
Publicado: 28/02/2009 23:36  Atualizado: 28/02/2009 23:36
Colaborador
Usuário desde: 22/09/2008
Localidade: Ansião
Mensagens: 5064
 Re: Tu Sentes
Gonçalo,

Se sentes que alguém sente...
nada mais há a dizer.

Gostei.
Beijinho

Enviado por Tópico
Esther
Publicado: 04/03/2009 13:27  Atualizado: 04/03/2009 13:27
Da casa!
Usuário desde: 17/12/2008
Localidade: Recife- PE- Brasil
Mensagens: 346
 Re: Tu Sentes
Belo poetar...Sentir...És a questão...
Obrigada pela visita.Um abraço poético.