https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Tristeza : 

QUANDO O AMOR TERMINA

 


Ary Bueno [ O Príncipe dos poemas e do amor ]

Amanheceu...encontrei você ... que felicidade
O sol era morno, suave, e a brisa acariciante
As flores estavam lindas, no jardim da cidade
Os pássaros, sorrindo com seu canto distante

O dia corria tal qual o riacho, sem rumo a cantar
E eu via a teu lado, o céu com nuvens de algodão
E entre nós parecia o dia, um eterno e suave amar
Tudo era alegria em nossa alma, em nosso coração

Porem ao entardecer, veio o frio vento do ciúme
Quando tudo parecia brilhar, e discutimos amor
Não sei o porque, mas restou apenas queixume
Restou mágoas, tristeza, solidão saudade e dor

Agora a noite, é escura, me amedronta o futuro
Tenho a certeza que perdi você, nunca voltaremos
E entre nós existira para sempre este maldito muro
E nunca mais, felizes, nos dois um dia seremos

E assim a madrugada, na vida sera este vazio imenso
Aonde a garoa das lágrimas irão sempre nos molhar
E o frio da saudade, em nós sera também tão intenso
Que fará nosso coração...sempre para o amor... congelar.






 
Autor
Ary Bueno
Autor
 
Texto
Data
Leituras
884
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.