https://www.poetris.com/

 
« 1 (2) 3 4 5 ... 34 »
Offline
cleo
O que fica
Saudades, são como lugares nossos aos quais voltamos sempre que deles nos lembramos e dos quais n...
Enviado por cleo
em 21/11/2013 09:31:51
Offline
cleo
De mim
De quando em quando, dou por mim a tentar galgar muros de pedras gastas, na esperança de que o te...
Enviado por cleo
em 19/11/2013 18:42:10
Offline
cleo
O cerne do amor
Nem os seus noventa e dois anos de vida nem a sua bengala na mão direita, o impedem de se vestir ...
Enviado por cleo
em 19/11/2013 09:37:23
Offline
cleo
Da evolução de nós mesmos
Todos os dias nos acontecem coisas que nos vão moldando a forma de pensar e de estar na vida. Aqu...
Enviado por cleo
em 12/05/2013 11:22:55
Offline
cleo
Cultivador de silêncios (em reposição)
Disse-me que andava a cultivar silêncios, com o intuito de melhor poder treinar os músculos da vi...
Enviado por cleo
em 06/05/2013 10:29:20
Offline
cleo
O homem do retrato
O homem sorriu-me e acenou-me com um breve levantar de mão tocando a aba do chapéu em sinal de um...
Enviado por cleo
em 21/04/2013 10:31:06
Offline
cleo
Reminiscências
Quisera o destino que lhe fora reservado logo à nascença, que acabasse os seus últimos anos de vi...
Enviado por cleo
em 19/04/2013 11:52:47
Offline
cleo
Sobre a morte
A morte é o fim de tudo... será mesmo? Enquanto houver memória de nós, não morremos verdadeiramen...
Enviado por cleo
em 07/04/2013 17:33:57
Offline
cleo
Queixume
Tenho um poema Por escrever Que fala Do que não sei Como dizer É um dilema Que me consome Como u...
Enviado por cleo
em 07/04/2013 12:40:34
Offline
cleo
Está mais bela a minha Serra (do Açor)
Já chegou a primavera Cheia de beleza E de cor Salpicando De encanto A minha serra Qual pint...
Enviado por cleo
em 05/04/2013 23:33:12
Offline
cleo
Entre as minhas duas vidas
Já dizia o grande poeta Álvaro de Campos no seu poema "Dactilografia", que todos temos ...
Enviado por cleo
em 04/04/2013 15:34:57
Offline
cleo
O desprezo das pérolas
Morremos em cada palavra não dita em cada gesto contido em que o toque involuntário nos retrai. M...
Enviado por cleo
em 27/03/2013 16:51:54
Offline
cleo
O perigo de emouquecer
O que me inquieta não é o silêncio, mas o peso que tem o seu eco esmagador... É como a palavra n...
Enviado por cleo
em 27/03/2013 11:03:53
Offline
cleo
Mísero
Quando já não houver nada para dizer, só o desalento a rematar o momento... E o tombo da caneta ...
Enviado por cleo
em 23/03/2013 12:41:46
Offline
cleo
Parece que o dia foi ontem...
Pode até já ter passado o dia que dizem ser o indicado para te lembrar. Mas... que importância ...
Enviado por cleo
em 20/03/2013 15:35:41
Offline
cleo
O Jorge
O Jorge era um rapaz dos seus vinte e tal anos que de vez em quando aparecia sem ser esperado. O ...
Enviado por cleo
em 11/03/2013 17:05:00
Offline
cleo
As ausências dos marços
Trago ausências de marços, onde andorinhas nos beirais anunciam primaveras que já foram. Trago sa...
Enviado por cleo
em 05/03/2013 20:50:24
Offline
cleo
Da eternidade
A eternidade é um lugar infinito onde se guardam todas as coisas imperturbáveis...
Enviado por cleo
em 05/03/2013 15:39:30
Offline
cleo
Quantidades
Do tanto que tenho E, ainda Que tenha achado pouco Tudo é ganho! No entanto E se partilhar o dob...
Enviado por cleo
em 04/03/2013 01:46:00
Offline
cleo
Enviado por cleo
em 02/03/2013 01:50:08
« 1 (2) 3 4 5 ... 34 »