https://www.poetris.com/

 
Offline
yuriemanuel
Ócio
Há esses papéis amontoados sobre a mesa. As infinitas manchas redondas de café Em círculos tão co...
Enviado por yuriemanuel
em 10/03/2011 23:07:42
Offline
yuriemanuel
Prosa pra falar de mulher
Eu sinceramente, não sei bem como começar esse texto. Como de costume, vou apenas “vomitar” o que...
Enviado por yuriemanuel
em 08/03/2011 14:54:39
Offline
yuriemanuel
A canção do cisne
Vidas simples, pessoas comuns Se desdobram na badalada dos ensaios Que a vida propõe. Vidas simpl...
Enviado por yuriemanuel
em 19/02/2011 17:05:42
Offline
yuriemanuel
Promo II
Em breve..
Enviado por yuriemanuel
em 14/02/2011 18:28:09
Offline
yuriemanuel
Hiato Poético
Uma nova etapa começa. Vez ou outra, a caneta descansa sobre o papel rabiscado, rasurado, com man...
Enviado por yuriemanuel
em 14/02/2011 16:20:54
Offline
yuriemanuel
Precisão
O dia terminou, e as cigarras cantaram alto Como se fosse a primeira vez. A derradeira ladeira pr...
Enviado por yuriemanuel
em 03/02/2011 00:33:17
Offline
yuriemanuel
Mudança
Andem pernas, coragem! O passo dado, ainda que em falso Ainda que resvale o pé, Ainda é passo. E ...
Enviado por yuriemanuel
em 02/02/2011 05:12:43
Offline
yuriemanuel
Como sendo a primeira vez
O som dos passos feitos sem pressa Demarca minha presença se indo pela rua. Dobro a esquina, faç...
Enviado por yuriemanuel
em 29/01/2011 08:16:58
Offline
yuriemanuel
Poema Crônico
Olha, Olha lá. Parece uma donzela de branco Vestindo aquelas roupas esvoaçantes Do alto da sacada...
Enviado por yuriemanuel
em 27/01/2011 03:41:58
Offline
yuriemanuel
Caminhada
“Daqui desse momento, O meu olhar pra fora” É um reflexo de introspecção. Eu ouço músicas que me ...
Enviado por yuriemanuel
em 26/01/2011 02:56:05
Offline
yuriemanuel
Relógio
Tanto embalo pra tão pouco samba… Tantas pessoas, tanta correria, Tanto a fazer, tanto a aprender...
Enviado por yuriemanuel
em 23/01/2011 23:45:52
Offline
yuriemanuel
Maná
Me espreguiço pro dia dizer “acorda” E meu bem, que demora Você voltando da venda com o pão Fica ...
Enviado por yuriemanuel
em 22/01/2011 22:29:08
Offline
yuriemanuel
Atitude
Seus olhares… Seus olhares são de quem massacra, não de quem vê. Que, aliás, se vissem algo, veri...
Enviado por yuriemanuel
em 22/01/2011 21:47:46
Offline
yuriemanuel
Fênix
Haja a luz pra me escrever um novo poema, Haja força pra destruir desolação. Que esse caos se tra...
Enviado por yuriemanuel
em 21/01/2011 23:51:55