https://www.poetris.com/

 
Offline
ClarissaDias
Tento.
Então há os fantasmas, que aparecem assim, do nada, e viram tudo do avesso. Como posso conviver c...
Enviado por ClarissaDias
em 27/05/2012 12:51:20
Offline
ClarissaDias
(Poder) Até não mais.
Toma um frasco, uma caixa, uma seringa, uma etiqueta, uma lembrança, um cheiro, uma forma, um pre...
Enviado por ClarissaDias
em 24/04/2012 16:14:49
Offline
ClarissaDias
Samba no escuro.
A moça que vai passando aqui na rua, procura, revira, revive e embaralha história, colecionando i...
Enviado por ClarissaDias
em 14/03/2012 02:41:04
Offline
ClarissaDias
Cho(ver)*
Menino Roberto, deve ter uns sete anos. Ninguém realmente sabe como conhecê-lo, singularmente esp...
Enviado por ClarissaDias
em 20/02/2012 20:00:34
Offline
ClarissaDias
Das coisas que se aprende
Tirarei o que desatina do meu peito. Já atravessei o caminho íngreme, bati em centenas de portas,...
Enviado por ClarissaDias
em 09/02/2012 02:28:59
Offline
ClarissaDias
Homem de lugar nenhum
Tenho um nome notável, mesmo assim sou ninguém, como todo mundo. Minha história uma estória falha...
Enviado por ClarissaDias
em 24/01/2012 15:02:14
Offline
ClarissaDias
Variações sobre um mesmo tema - n° 2
(Gostaria de dizer que não fico à procura da desventura - ou cegueira, loucura, o que for. Eu ten...
Enviado por ClarissaDias
em 26/12/2011 22:22:29
Offline
ClarissaDias
Variações sobre um mesmo tema
Sentados frente a frente, desfrutando do prazer daquela amizade, que nada doía. Compartilhavam tu...
Enviado por ClarissaDias
em 23/12/2011 01:06:52
Offline
ClarissaDias
A ordem dos fatores não altera o produto
Pra que todo esse dilaceramento? Feito gelo e fogo. Não, isso não é uma crônica, tampouco seja al...
Enviado por ClarissaDias
em 28/11/2011 21:54:33
Offline
ClarissaDias
Desconstruindo Augusto
"O expediente já acabou faz algum tempo no escritório de meu pai. Aquele café amargo que tan...
Enviado por ClarissaDias
em 18/11/2011 23:47:25
Offline
ClarissaDias
Somos tão jovens
Somos tão jovens e temos uma energia imensa. Nossas ideias, loucuras, utopias, manias e atitudes...
Enviado por ClarissaDias
em 26/10/2011 21:44:51
Offline
ClarissaDias
Alguma prosa subjetiva
Que primavera é essa oh meu Deus! Dores, de cabeça, de existência, de amor... Gostos, doces, ama...
Enviado por ClarissaDias
em 25/10/2011 22:55:22