http://felipemendonca76.blogspot.com.br/

Poemas, frases e mensagens de raymundocortizoperez

Seleção dos poemas, frases e mensagens mais populares de raymundocortizoperez

EU PENSEI EM VOCÊ

 
>>A gentileza é uma forma de gratidão.

------------

>>A gente cresce neste mundo diminuindo o nosso ego.

-----------

>>>Dar amor é a melhor forma de manifestar a vida.

-----------

>>>Os olhos dela

são da cor do cabelo

e sempre que o sol batia

ela brilhava por inteiro

e de todas as lembranças

essa vai swer sempre a melhor.

----------

>>>Os teus beijos

tinham gosto

de poema

e eu amava ler.

-----------

>>>E quando a morte

te desfolhou

num sopro de outono

se otrnou primavera.

Agora és perfume

ao vento da saudade.

-----------

>>>Eu te proponho

amor com carinho e cafuné,

poemas de pão de queijo

doce de leite e chá com beijos,

se responder que me aceita,

vou agora mesmo ao seu encontro.

Depois o que acontecer

fica sendo segredo nosso.

----------

>>>Não escrevo poemas

sou apenas um tradutor

da saudade,

a vida molhou-me os olhos,

são janelas sem cortinas

que rabiscam silêncios

com o pensamento.

Hoje sou um homem

que é apaixonado

pelas próprias lágrimas.

----------

>>>Orientemo-nos com Deus em nossas orações para as nossas escolhas.

É que sem Ele sempre escolhemos o que é pior para nós.

----------

>>>Preconceito, vaidade, orgulho, luxúria e obstinação constituem em elementos que satanás usa para apoderar-se da sua mente e te fazer escravo e cativo do pecado.

-----------

>>>Se você não conhece o amor, não adianta conhecer a Palavra de Deus, porque satanás também a conhece.

----------

>>>Será que Deus esqueceu mesmo? Obviamente, a resposta para essa pergunta é não. Deus não esqueceu de você, nem de mim, nem de ninguém, é que o tempo d'Ele é outro, nunca está alinhado com o nosso.

----------

>>>Peça para Deus força para lutar e sabedoria para vencer.
 
EU PENSEI EM VOCÊ

ORGASMOSPOÉTICOS

 
ORGASMOS POÉTICOS
Raymundo Perez Cortizo

.......... ..........

O poema
gozou

com a poesia.

......................................



O verso
ejaculou

um poema.

......................................

Quando viu o tamanho da inspiração,
a poesia a abriu as pernas.

.....................................





Versos masturbam,
ejaculam

na fenda da poesia.

......................................





A poesia ficou molhadinha,
quando sentiu a ereção dos versos.

...........................................







A vagina,
era uma poesia com métricas e rimas

e de versos alexandrinos.

........................................

O verso despia
a poesia:

gemia.

......................................



O poema enrijecido
rimou

na orvalhada poesia.

.....................................



Textual e nua,
a poesia murmurou:

Tenho múltiplos versos e sou sua.

.....................................







O verso todo pasmo
treme semântica suado,

e a poesia, no lírico orgasmo.

.......................................



A poesia sensual e com cio de fantasias,

queria mil e uma noites de versos alexandrinos, épicos...

O poema em riste só queria lirismo em versos livres.

...................................







Louvado seja,
o verso ereto

e a poesia pentelhuda.

...........................................





Foram tantos os cios,

tantas as sacanagens

memoráveis e inesquecíveis,

que a poesia virou flor

e a poesia deu flor

num orgasmo perfumado.
 
ORGASMOSPOÉTICOS

PEGA A TUA PRÓPRIA SOMBRA

 
PEGA A TUA PRÓPRIA SOMBRA

Raymundo Cortizo Perez

Poetry Raykorthizo Perez

Pega a tua própria sombra

como tua companheira.

Não esperes nada.

Proteges o teu segredo

e guardes o teu coração à sete chaves.

Não traias o teu irmão,

trairás a ti também.

Não te oponhas ao sofrimento,

trate-o em silêncio,

ele é efêmero.

O que é para vir, virá...

Se baterem a porta para o teu coração,

não digas nada,

vires a costa e vá embora,

o silêncio e o tempo te compensará.

Na vida tudo é medo

e medo dos medos.

Expulsa-os todos.

...........

Vazio.

de nada posso queixar

se ainda

estou esperando o quê?

..........

Cheguei naquele lugar

pelas nuvens que desviei.

muita poeira e um vento louco.

não podia confiar,

só em milagres.

comi frutos verdes da ansiedade,

bebi água que me deixou mais sedento.

não tive medo.

para te sentir escolho o amor.

..........

Ela já se foi - morreu.

ficas com outra se já não podes

estar com a mulher que amas...

- E quem te disse - respondeu

o poeta - que não estou com ela.

..........

Conto o tempo

e o desconto da vida.

Ouço passos...

Preciso dormir,

não durmo.

vejo um vulto,

não é um vulto,

é a tua sombra.

Ver?

a poesia é invisível,

nem me comove,

nem me incomoda,

nem me compele.

tento manter-me vivo,

não o corpo,

a alma.

..........

Após ouvir o estampido de um bala perdida,

gritam:

um leito pelo amor de Deus,

para a mulher doente e pobre,

mulher triplamente miserável

que padece de três pragas:

pobreza, enfermidade e feminicidio.

Das três, a mais terrível - a terceira,

hereditária e milenar,

repassada pelas famílias de geração à geração,

porque homem tem que ser macho,

não homem.

Foi trazida para cá pelo ódio,

pelo mal caratismo do mundo inteiro,

todo o mundo - o resto do mundo.

É um mal incurável:

sem cirurgia,

sem remédio,

nem vacina.

lágrimas rolam

em face a dor sem cura.

...........

Nada tenho a esconder

nada tenho a temer

nada tenho a perder

tudo está em perfeita ordem

desde a manhã de amanhã.

O último trem já passou.

..........

Não se trata de quem é bom na sua presença,

mas de quem lhe é leal na sua ausência.

..........

A sua presença não me faz companhia,

então vivo na solidão envolto de saudade.

...........

Maturidade

é quando decepcionado pela ingratidão,

não discute, não revida,

tolera o insulto, esquece a ofensa,

não reclama, não julga, não reprova

e nem condena,

apenas continua caminhando em paz,

iluminando com a própria luz

a própria alma.

..........

Ninguém encontra o seu caminho, sem que antes,

se perca muitas vezes.

..........

É

esquisito,

mas somos tão maltratados que,

quando uma pessoa tenta ser gentil

e educada, ficamos com medo,

ficamos desconfiados,

não acreditamos

e queremos fugir.

..........

Ah...

se soubéssemos o quanto o carinho salva,

a atenção alimenta, o quanto um sorriso

fortalece, que um abraço toca na alma,

não estaríamos perdendo uns aos outros

todos os dias,

e seríamos menos egoístas, menos orgulhosos;

mais solidários, humildes e prestativos,

tudo pelo bem da nossa alma,

que cativa no invólucro, chora, chora...

..........

A luz não luta contra a escuridão.

Quando a luz se manifesta,

a escuridão desaparece.

...........

Não julgue o erro alheio,

somos todos imperfeitos.

Todos nós erramos,

mas melhoramos

com os nossos erros

quando aprendemos a lição.

..........

Solidão? Solidão, não!

na mais completa solitude,

a via em sua plenitude,

e em toda completude.

Nada me fere, nem me causa dor,

a vida é uma linda canção,

nunca digo não, nem digo que sim...

Viver é uma questão opcional,

existe o bem e o mal,

mas a escolha é minha,

se não sei ser feliz sozinho,

vou ser feliz com quem?

Para mim, sou a melhor companhia,

nada me ilude, nem me confunde.

..........

Tenha uma conduta digna e elevada.

Aja com princípios de honestidade

e sinceridade.

(nada de trapaças e mentiras)

A vida é exímia

cobradora e não perdoa

quem erra sabendo que está errado.

..........

Não exponhas em conversas

as tuas feridas:

As aves de rapina se alimentam disso.

..........

Às vezes conhecemos

alguém e de sua imagem construímos

sonhos em castelos de esperança.

Embora, sintamos a afeição,

a afinidade recíproca e a simpatia floresce,

nada acontece para uma aproximação....

Paciência...

Talvez um e o outro

estejam em jornadas diferentes,

construindo e evoluindo nas lições da vida

para o reencontro nas bênçãos do porvir.
 
PEGA A TUA PRÓPRIA SOMBRA

VERSOS PARA ANA (uma história de amor)

 
Não posso dizer em inglês
que te amo,
essa é a única coisa preciosa que possuo.
Não quero estar em Harvard falando em inglês
com aquela loira nojenta,
falar em inglês that the smell of it
hurts my nose
(que o aroma dela fere o meu olfato).
Quero estar bem pertinho de ti,
sentindo a carícia suave de sua mão
que acaricia o meu rosto, a barba...
enquanto a outra mão suavemente me acaricia
o pênis. Afora isso,
é uma má digestão tanto do leite quanto do pão,
portanto, prefiro os teus seios.

...........

Este poema não é mais que mais um poema
desabafando amor,
penso em ti e adejo pelo infinito:
na solidão tu estás comigo,
e se penso em teu rosto
não tenho medo da tempestade;
e se o teu sorriso me vem na mente,
me pego sorrindo também;
tudo o que penso, que falo, que vejo, que sinto:
Tudo és tu, só tu.
E se tiver que viver longe de ti,
dispenso o sol de cada dia,
quero morrer amando,
Eternamente, te amo. Eternamente.

..........
Lendo um livro,
nele estás,
numa canção que ouço,
também estás,
nas minhas refeições
estás comigo,
onde quer que eu vá,
tua imagem me acompanha.
Sempre presente em mim:
embora vivamos
em dimensões diferentes,
eu habito em ti, e tu em mim.

.....

O amor
é uma condição
em que a felicidade
da outra pessoa
é essencial
para a tua própria felicidade.

......

Por que plantastes em meu peito o teu nome
e a ternura dos teus encantos
como se planta a semente do amor
em corações férteis e regados?

Por que transbordas em mim o teu negro olhar
como uma luz de vênus cintilando em minha alma
e penetra em meu coração como um punhal impiedoso?

Por que brilha ao sol o teu nome e me arde
como feridas em chamas nas labaredas da paixão
o ardente fogo do amor alado?

Por que insinuas quase nua o teu corpo moreno
e queimado e dourado de sinuosas curvas
transpirando malícias que me devoram?

Por que o teu olhar visita o meu em indagações
que não sei explicar e que no entanto o coração sente?

Por que plantastes o amor em mim?

.....

Falou ela pois, se é eterno,
não sei; uma coisa sei,
e é que,
havendo eu nunca amado,
agora amo.

.....

Tentei que tentei
fazer um verso bem simples,
apenas uma rima colorida,
parra fazer da saudade, uma poesia.
Bem que tentei, não consegui,
os teus olhos me perseguem.

.....

Poesia não é para ser bebida,
nem para ser cozida,
nem para ser vendida,
é para outonar,
primaverar...
A poesia é para sonhar
o sonho e ser flor.

.....
 
VERSOS PARA ANA (uma história de amor)

DIÁRIO DE UM POETA - III

 
DIÁRIO DE UM POETA - II
porque a vida é feita de pequenas histórias

O máximo de conteúdo, o mínimo de palavras.

..........

Na excelsa esperança do porvir,
deixemos de lado as paixões inferiores:
nascemos para evoluir.

..........

Ao ser ofendido,
a reação é ofender, isso não resolve.
O que soluciona o ofensa,
é o perdão acompanhado do silêncio e do esquecimento.

..........

A sensualidade feminina é a beleza multiplicada.

..........

O passado pode doer, mas é com ele que tens a aprender.

..........

Quando há o mais que necessário,
o mais que necessário
se torna desnecessário.

..........

Deus mora no coração das mães.

...........

O maior erro,
depois do erro,
é não assumir o erro.

..........

Lágrimas não são palavras.

...........

O beijo é um idioma universal que pelo qual, dizemos
e ouvimos a palavras amor.

...........

Segredei em seus lábios um beijos, mas o coração descobriu.

...........

São coisas tão belas, tão lindas, que o meu coração amou de olhos fechados.

...........

A mulher é a luz da alma do homem.

...........

O fruto nunca vem antes da flor.

...........

As pessoas más, também são amadas,
mas não sabem amar.

...........

A vida quanto mais vazia é, mais pesada fica.

...........

O amor é a toada da vida - é uma música que ora se ouve,
ora se canta.

............

A mulher não nasce: Ela desabrocha,
floresce, perfume e encanta.

...........

O caminho para o amor? O amor é o caminho.

...........

Três palavras mágicas e encantadas: Eu te amo.

...........

Ame, incessantemente; outra vez digo, ame incessantemente.

..........

O que a mim desejas, a ti desejo setenta vezes sete vezes.

...........

Eu gosto é do gosto do cheio do seu cio.

...........

Para onde o coração se inclina, os pés caminham.

............

O amor é um idioma que o cego pode ver e o surdo ouvir.

............

Quem se arrepende começa a aprender.

...........

Fé é, se não tem por onde passar, Deus abre o mar.

..........

O amor é a escolha do coração.

...........

O mundo muda com o exemplo, não com a opinião.

...........

A vaidade desconhece a virtude.

...........

a pedagogia do amor é amar
 
DIÁRIO DE UM POETA - III

RECADOS PARA A VIDA - I

 
RECADOS PARA A VIDA - I
Raymundo Cortizo Perez

O que espalhas no vento,
o vento traz de volta.

Preste muita atenção,
uma atenção especial,
antes de emitir a tua opinião,
seja indagando ou respondendo,
ou fazendo juízo de valores:
As tuas palavras geram vínculos no espírito,
pois que, a vida te julgará
com a mesma medida que mediu,
e com o mesmo peso que pesou.
Não te esqueça que,
a tua palavra pode te libertar ou te condenar;
depende somente de ti, do teu bom-senso.
Esta é a Lei. A vida é assim.

Seja sempre solícito, solidário,
e equilibrado em teus pensamentos,
em tuas emoções, e espiritualmente.
Tenha como principio a ponderação
e cultive a bondade, a caridade, o respeito;
se assim semear, colherá bons frutos;
nos domínios do amor,
é bom não esquecer que,
se hoje te pedem,
amanhã terás de volta
a recompensa do bem praticado,
ou terás de pedir, e muito provavelmente
de maneira humilhante,
o bem que deixou de fazer.
Esta é a Lei. Assim é a vida.

Ah, o tempo...
Só ele tem a sabedoria
quem é de fato,
o que de fato é.
Esta é a Lei. Assim é a vida.

Não aponte o erro alheio como se fosse imperdoável,
possivelmente sejas ainda mais culpado,
porque para saber tanto do erro apontado,
no mínimo, compartilha da mesma experiência,
ou já compartilhou;
é mais fácil e mais proveitoso ajudar que criticar.
Viva e deixe viver contribuindo para o bem de todos,
pois, querendo ou não, fazes parte do contexto geral.

Não busque a felicidade à custa
da dor e do sofrimento do teu irmão em humanidade;
pois que, o teu desiquilíbrio mental,
emocional e espiritual,
será corrigido sob as duras penas
das Leis da vida que são divinas.

Não medi nada,
apenas fui, fui...
Hoje, arrependido
peço perdão à vida.

Não prepare
cilada no caminho de que diz
que te ama;
Certamente, quem prepara é o que cai primeiro.
--------------------------
VISITE O BLOG
https://sonhospoesiaseversos.blogspot.com
 
RECADOS PARA A VIDA - I

POEMAS FRANCESES DE PARIS

 
POEMAS FRANCESES DE PARIS

MINIPOEMA

Minha querida puta:
Tu és uma preciosidade,
a sociedade
é que é uma prostituta.

>

CANÇÃO DA NAÇÃO

Minha terra
já não tem palmeiras,
mas tem palácios e ministérios,
o sabiá já não canta,
os urubus pousam lá.

Tem presidente, deputados,
senadores e outros doutores,
o sabiá já não canta,
os urubus pousam lá.

Minha terra
já não tem palmeiras,
e nem canta o sabiá,
não tem mais estrelas, nem flores,
não tem vida e nem amores.

Minha terra
já não tem mais palmeiras,
e nem canta o sabiá,
só ladrões
escolhidos pelo povo,
os urubus pousam lá.

>

A VERDADE

Alvorecer de poesia
É poesia? É mas não é tanto
Vou continuar navegando
É poesia e eu me encanto
O sol é um novo canto.

A poesia vale a verdade
E será servida como refeição
E depois como sobremesa.

Não existirá o silêncio
E as palavras falarão
O homem será verdade
Verdade que vale a vida.

O homem será verdade
Verdade o seu coração
O amor é verdade
Verdade que liberta o homem

O homem será o sol e o dia
O dia confia no sol
E o sol confia no dia.

A verdade precede da verdade
Da verdade procede a verdade
A verdade é a vida
A vida vale a verdade.

Que a verdade nunca seja inventada
Ela é a própria vida
Se alguma coisa tem que ser acrescentada
Que seja apenas a liberdade
A liberdade voa nas asas da verdade.

OS AMANTES ESPERAM

Os amantes não calam,
os amantes buscam,
os amantes são os que abandonam,
são os que calam, os que esquecem.
O coração diz que não encontram,
não encontram, buscam.

Os amantes andam como loucos,
porque estão sozinhos, sozinhos,
sozinhos entregando-se,
machucando-se a cada enquanto...
Chorando porque não salvam o amor.
Eles se preocupam com o amor,
os amantes vivem tentando,
não podem fazer mais, não sabem...

Sempre estão indo, sempre,
para alguma parte.
Esperam,
não esperam nada, mas esperam.

A HISTÓRIA

Meu nome é Duda. Sou prostituta, porque me fiz, não sei.
É a história da minha vida, mas não é a história toda.

Meu nome é Duda, sou alcoólatra, porque me tornei, não sei.
É a história da minha, mas não é a história toda.

Meu nome é Duda, sou drogada, nada me pergunte, porque não sei.
É a história da minha vida, mas não é a história toda.

Meu nome é Duda, fui universitária, não me formei...
Queria me casar, não me casei;
tive cafetões, drogados, bêbados e traficantes...
Porque fui tudo isso, não me pergunte, não sei.

É a história da minha vida, mas não é a história toda.

Meu nome é Duda, fui linda, admirada,
me tornei prostituta, alcoólatra, drogada,
hoje já não sou, porque deixei de ser, não sei,
é a história da minha vida, mas não é a história toda.

Meu nome é Duda, sou mãe de Yasmin, o meu amor,
o meu único e verdadeiro amor,
e este amor é a história da minha vida e é a história toda.

AS MINAS

Ela tinha quatorze anos.
Decidiu não completar
os quinze.
Jogou fora o sutiã, o batom,
o rímel, os esmaltes...
Foi brincar com os moleques
e jogar bola na rua...
Chamava as minas de tesão
e passava as mãos.

VERMELHO BISCATE

Venha sem avisar,
chegue e fique quantos dias quiser,
todas as acomodações são suas...
Sinto falta dos seus beijos,
tenho desejos:
me acaricie entre as suas coxas,
me aconche em seus seios quentes,
mas só vá embora - e se quiser ir...
depois que eu dormir.
Deixe um beijo marcando o guardanapo
com o seu batom vermelho biscate,
deixe ele perfumado, com o seu cheiro.

O TEMPO

Quantas vezes o homem precisará caminhar pelo mesmo caminho?
Ou quantos caminhos diferentes ele deverá procurar?
Quantos homens precisarão morrer
na guerra urbana até que o próprio venha morrer?
A resposta meu irmão está na boca do tempo.

Quantas vezes o homem precisará chorar para entender?
Quando é que o homem aprenderá a ouvir que gente demais morreu
e os outros de dor choram no silêncio inocente?
A resposta meu irmão está na boca do tempo, sim.

Até quando o homem fará discurso para enganar o homem?
Até quando o homem não vai permitir-se ser homem?
Até quando o homem vai fingir que nada está errado?
A resposta meu irmão está na boca do tempo, está sim.

UM ANJO NO INFERNO

Houve um tempo em que ela era mais bonita
que a miss universo;
depois da grande injustiça feito com Patty:
Todos os criminosos de paletós e gravatas estão livres,
usando o congresso para cometer crimes e ver estrelas e o nascer do sol,
enquanto Patty, fica encarcerado em uma cela de 3 metros,
uma inocente pagando crime de branco, um anjo no inferno.
Esta é a história de Patty, linda negra da favela,
mas não termina aqui,
enquanto não limparem o seu nome e devolverem a ela, o respeito,
o tempo em que passou no cárcere.
Mas houve um tempo em que ela mais bonita que a miss universo.

BABY

O realeza espatifado triste silêncio,
os sinos enferrujados mostram que tudo mudou,
os saxofones, flautas, violinos e pianos
soam com desdém da minha sorte.
- Mas, esse não é o meu caminho.
- É?
Eu não nasci para perder,
não nasci para te perder...
Te quero, Baby,
te quero muito.
Baby, eu te quero e espero porque te quero
e te quero, quero, quero...

AS CONSEQUÊNCIAS

Não te enganes comigo,
posso amar-te muito,
desde o escuro
e o obscuro da minha razão;
mas se machucar o meu coração,
terá consequências:
ninguém te disse que os poetas
amam eternamente.

CONVITE

Venha senhor presidente,
venham senhores deputados,
venham senhores senadores,
venham senhores ministros,
venham todos senhores da república:
Entrem em nossas cassas e dos nossos quintais
arranquem as nossas flores,
matem os nosso bichos,
desliguem a água, a luz e o gaz,
e por requinte, antes de matarem nossas vidas,
aniquilem os nossos sonhos,
mintam prometendo, enganem-nos e nos destruam,
que mortos vomitaremos em vossas excelências.

Venham senhores das sombras e do mal,
venham senhores lacaios do demônio,
e cantem e dancem, a sinfonia do inferno.

A LEI

Na vida muitas coisas são metáforas,
como podem ser sofismas,
ou não ser nada disso.
O pobre morre e o rico também.
O pobre, o nobre,
o empregado e o patrão,
o doutor e o sem estudo:
Todos são iguais perante a lei,
a lei é que não é igual para todos.

O DIA DEPOIS DA NOITE

Quantas mulheres um homem precisa amar,
até encontrar a que ele ama?
Até que percebam que ele está bêbado de paixão?
Sim, quantos poemas precisa escrever
para voar sobre a trincheira dos segredos do coração
e do silêncio da alma?
Sim, o vento vai ouvir? o Tempo dirá?
Sim, ela, acaso aparecerá na cama de amantes?
Sim, ela saberá que o homem chora por amor?
Que nada voltará a ser o que era depois do adeus?
Sim, meu amigo, meu irmão, meu companheiro,
a resposta, é sim...
O vento alado soprando sonhos alçados o levará ao oceano do amor,
e ela, ela chegará assim, como chega o dia, depois da noite.

BILHETE

Querido poeta:
Adorei o poema. Só um detalhe:
meus olhos são castanhos claros,
e tu falas de uns olhos negros cintilantes.
Quem é ela?

CAMONIANO

Por mares nunca de antes não negados,
sonhos navegados, naufragados,
ainda além, sigo em mar revolto,
agora, digo, vou-me embora,
apenas com o meu destino na mochila da saudade.
Adeus, adeus verdes mares, adeus...

NOTÍCIA DE JORNAL

Mariane, era manicure à domicilio,
era graciosa, pernas torneadas,
belos seios, um corpão...
Não perdia uma balada na comunidade.
Era cobiçada pelas roupas sempre exageradas.
(sabia do perigo, mas fingia que ele não existia)
um dia...
- bebeu muito,
- dançou demais,
- fumou, cheirou,
- deu demais.
Dois dias depois acharam o seu corpo boiando
na curva de um rio.

É MAIS E VAI ALÉM

A sociedade politicamente correta,
acadêmica, letrada, doutorada,
bem informada,
aquela que se diz ética e de família,
é a que chama o negro de preto,
e conhecem o preto de alma branca;
também é a mesma que não sabe
que a identidade de gênero
é muito mais e vai muito além de pau e buceta.

>

UM PAÍS DOENTE

Doente, sim, um país doente,
doente, triste albatroz, albatroz ferido.
Este é um país doente,
um país, sim, lendário no futebol,
carnaval e de beleza natural.
Um país doente.
A rotina do Planalto é a humilhação ao povo,
o povo que faz filas na porta do nada.
A política é uma estridência ideológica
feita pelos idiotas e imbecis
que chamam um ao outro de excelência...
Um país doente.
Sim, um pais doente, onde o único decente é o sol.

BRASÍLIA

Tu não és uma canção do Caetano,
sim, és uma casa que não é um lar,
sim, és uma esposa cansada de fingir.
Brasília, tu não és um poema do Chico Buarque.
Sim, tens uma asa corta e a outra caída,
sim, és um coração deserto,
um corpo sem pulmão.
As tuas saídas são os teus becos, becos sem saídas,
saídas de becos...
Sim, és um corpo luxurioso nu, dólar, prostituição,
escola e sindicato de todos os crimes.
Brasília, tu não és um romance de Machado de Assis.
Sim, não podes comemorar um primeiro de maio.
Onde está a garota que fugiu para não voltar?
Sim, tens um amanhecer constante com lindos raios fúlgidos.
Sim, há um zíper quebrado.
Sim, há bares pegando fogo no cachimbo.
És tu, Brasília, um pouco de Gomorra e outro de Sodoma,
mas hás de chegar ao alto e além.

O QUE EU FAZIA EM PARIS?

Vivia pensando em escrever poemas para ti e não conseguia.
Te via em pensamentos. Me masturbava.
Bebia e me divertia com as putas no Moulin Rouge,
onde as putas são decadentes (embora lindas),
e boêmios igualmente decadentes (embora elegantes).
Entendi que a saudade não mata, mas não deixa viver.
Que o poeta e o poema são moedas do mesmo verso.
Que o poeta morre de uma dor que espera,
mas a tal dor, é a espera. A dor não chega.
Aprendi que Paris é uma rose rouge pop.
Enviei muitos cartões postais plenos de felicidade...
Jamais me esquecerei de Paris,
era lá que eu abraçava a sua ausência
e grudava em sua lembranças,
lá sofri por ti, sem poemas e nem nada.

A MULHER

A mulher que fumava tragava o meu olhar,
depois bebia e bebendo bebia o meu beijo,
depois com fome comia o meu desejo.
Ela atroz me devorava algoz me devolvia.
Quando ia embora (me deixava dormindo)
deixava um bilhete escrito: "amanhã eu volto".
Voltava como quem chega de um bar,
sem dizer nada tragava o meu olhar,
ali, a vida recomeçava sempre,
ela me caçava e eu caçador.

>

A LIRA, A IRA

Cantem poetas, o Poder da República,
o submundo que submete a Nação ao jugo duro.
O Monstro pinte, o Rei presidente,
ou o Presidente Rei, caindo na confusão do Rei do Inferno.
Eu canto a Democracia, a Soberania,
a fé na Pátria em versos firmes,
cuja poesia, o céu inspira,
pode estancar o Poder caído, pobre, podre, odre, ocre,
roto e sujo, canalha, calhorda, covarde.
No carnaval da mentira, és o samba-enredo,
a fantasia, a escola de samba, o mestre sala
e a porta bandeira e a bateria...
Eu, no entanto, canto, a lira, a ira, a despedida.

>

A SEDUÇÃO

A tara,
a aranha,
os dedos quentes,
lingerie, luvas, meias de seda,
abajur rouge,
os dentes, as unhas,
o fetiche, a fantasia,
a sedução, o jogo,
o tesão,
o prazer...
A dama doma o desejo.
Dona, senhora...
(C´est le secret d´une muit rouge).

EM JOÃO PESSOA

Lá no puteiro em João Pessoa,
a lua passeia de mãos dadas com a dona do bordel,
ela foram colher estrelas, buscar mel,
voltear o céu na saia da praia.
O mar piscou para elas, as ondas também.
Elas riram atiçadas,
mas não deram a mínima.
O que elas querem e o que sonham e desejam
é o ator galã da novela,
e enquanto isso...
elas se entregam aos beijos e lambidas lésbicas,
trépidas e trêmulas, gozam.

A MUSA

Era uma Musa sem poeta,
apaixonou-se por um amor impossível.
Tão impossível como querer
acariciar uma estrela com as mãos,
e mesmo não podendo,
continua acariciando com os olhar.

Assim, ela amava aquele amor impossível,
que sem poder tocá-lo,
amava-o com os seus olhos.

O BEIJO

Estes versos que te mando,
em teus olhos os inspirei.
Os teus lábios que beijei,
vi poemas voando.
Já não lembras mais, sei...
Nossos olhares grudados, amando,
o desejo nos despiu,
no envolveram, o mar e o cio.
E como uma delação do meu desejo,
este poema é um beijo
que agora te envio.

AS FILHAS DO PAI

Tereza, foi para o convento porque tinha medo dos contratempos da vida,
não praticava o mal, mas não fazia o bem.

Maria, trocou o seu grande amor por um diamante e um amante,
ficou varrida.

Taís, preferiu ser feliz em Paris, comeu o que o diabo quis.

Sandra, tinha todo os tipos de manias, vivia fazendo terapia e morreu assim.

Ritah, viajou que viajou, mas nada a encantou, não encontrou nada e continuou
a viagem até desaparecer sem deixar pistas.

Já a Márcia, a Márcia - quem diria, a Márcia? A Márcia, era esquisita
e bipolar, meio mestiça de louca com vadia, se tornou a princesa da vida,
vivia feliz e muito feliz e sem precisar de ninguém, com os seus dois meninos
e uma menina, e o marido a quem dedicava grande amor,
e por ele era amada - recebia daquele homem rude e de mãos maltratadas,
os mais doces carinhos, e ouvia juras de amor.

E, assim, em rápidas pinceladas, aqui está o retrato fiel dessas irmãs: todas lindas,
estudadas, porém, tão distintas entre si, tão diferentes - umas cheias de "eus"
e outros "eus", uma simples, tão simples que alcançou a felicidade,
quanto as outras, também colheram da semente que plantaram.

O TEU NOME É MULHER

O teu nome é mulher, e o que te faz mulher, é o sonho que tens.
O sonho de ser um poema, a lua enebriada de amor,
o arco-íris da felicidade em sua multiplicidade de tons e cores;
uma bailarina sob holofotes,
uma valsa ou um tango levitando ao bailar, levantando a platéia, o delírio.

O que te faz mulher, é o sonho que tens - o sonho da liberdade,
da vaidade, o sonho de ser feliz...
Por um só momento se Monaliza, Maria Bonita, Cleópatra, Dalila.
Na ausência ser notada, ser paixão e ser saudade;
no aniversário ser lembrada, ganhar flores, chocolates, anel de brilhantes,
mesmo quando não pode ir - não ser esquecida, ser convidada.
Ser um fada, uma Musa cantada em verso e prosa;
ser referencial, ungida de beleza nos sonhos de princesa;
o sonho de ser realeza, ser chamada de tesão, ser admirada,
desejada, cobiçada, inclusive pelo luar; também ser respeitada.
Ter de uma só vez a noite e o luar, o outono e a madrugada,
todas as flores da madrugada.
Ser felina, o sonho de ser menina, feminina e frágil, ou leoa - lutadora
invencível - o sonho de ser Rute, de ser Raquel, Ester, ou Sarah, por que não?
Por que não ser uma Odalisca bailando no deserto da alma,
levitando numa dança do ventre, flutuando, adejando pelo infinito da imaginação?
Numa dança romena, numa dança cigana?

Ser desejada como amante, ser cobiçada...
Ser o paraíso, ser Eva e ser o pecado...
Ah... ter um encanto a mais - também ser Sereia, soltar o canto - encantar,
atrair, enfeitiçar...
Por um instante - o sonho da sensualidade, ser uma gueixa meio travessa. avessa,
caminhando vagarosamente pelos cais - boca vermelha, cigarro entre os dedos,
um olhar, uma piscada...
Quem sabe, o sonho em ser retratada por um pintor famoso
e ver a sua beleza ser admirada pelas galerias e salões do mundo?

O teu nome é mulher, e o que te faz mulher, é o sonho que tens...
Ser lembrança e ser saudade, ser paixão e ser apaixonada, cúmplice...
amar e ser amada, ser namorada, esposa e mãe.

Mas, talvez, precise ainda mais... Talvez, precise, além de tudo - o sonho de ser amanda.
Ser e ter o verdadeiro amor de um único homem,
porque o teu nome é mulher, e o que te faz mulher, é o sonho que tens..
 
POEMAS FRANCESES DE PARIS

IMPOSSÍVEL É ESQUECER-TE

 
Versos para Ana

Raymundo Cortizo Perez

IMPOSSÍVEL É ESQUECER-TE
A Ana é linda,
não é perfeita,
mas o seu nome é.
Gente que é gente,
simples como a bondade.
O seu nome
pode ser lido de trás para frente
que continua AnA.
....................

As estrelas,
a pureza das crianças,
os teus olhos negros,
e o voar dos passarinhos
na melodia do vento,
têm o brilho e a cor
da água cristalina sob o sol,
têm o dom de ser poesia.
.......................

A solidão
faz a saudade parar o tempo:
A tua ausência
é a minha solidão.
........................

Uma pequena luz cintila
numa fervorosa cidade bíblica.
Será Roma?
Ou talvez Babilônia?
Perto do mar Egeu?
Do mar Vermelho?
No Sinai?
Na crucificação?
Na Galiléia?
Uma pequena luz me ilumina,
é que não estou somente nesses lugares,
ou apenas nos pátios dos palácios,
ou no Templo de Salomão.
Estou diante dos belos olhos negros de Ana.
.........................

O tempo não cura nada,
só me faz acostumar com a ideia
de que algumas coisas estão mudando
e que devo aceitá-las;
O tempo não cura,
o tempo não muda:
Tu és e continuarás sendo,
a tua ausência, já não é mais ausência,
é saudade, e a saudade é a tua presença.
..........................

Gosto de escrever o teu nome.
Escrever em papéis, paredes, prédios
nas praças, ruas...
escrever no tempo, no vento,
na poesia...
Preencher o ar com o teu nome,
dizer às crianças o teu nome,
escrever para Deus e contar
que o teu nome, é Ana.
...
Creio que, sempre que falo
o teu nome, tu ouve-me.
........................

Entendo que tenho boa sorte.
Caminho tão feliz pelas ruas...
e não levo em meu coração
nada mais que o teu nome.
........................

Coloque a sua cabeça sobre o meu peito
e ouça o meu coração
como se ouvisse
as parábolas do Evangelho;
escute o meu coração
como se escutasse a respiração dos peixes
em um rio vigiado pelos anjos.
Ouça a poesia do universo, ouça a terra,
as flores...
Ouça o meu coração a dizer
que se eu te perder,
não tenho mais nada a perder.
........................

Nossas almas se compatibilizam fluidicamente
e estão unidas pelos mais santos laços da vida
e do sentimento afetivo.
A minha alma têm amor por ti,
e a tua por mim.
Somos:
nas raízes profundas e no brilho
das luzes dos séculos.
.........................

Um sorriso
uma palavra
um olhar.
O carinho
o caminho
é uma luz - assim és,
escolhi a ti.
...........................

Talvez eu seja um pouco de ti,
das árvores,
dos rios,
do teu olhar
que me ensinou a olhar,
do mar
que me ensinou a navegar,
do trigo
que me ensinou o pão,
dos teus olhos que me ensinou o amor,
do teu sorriso que me ensinou a amar-te.
Talvez eu seja um pouco de ti.
.....................

Somente o teu olhar
e a poesia que dele me reveste
me salvem
das coisas que não são boas.
.............................

Quando as almas se afinam
e o corpos se amam,
esse amor, é tão lindo, lindo.
.............................

Pinto as flores
com o teu sorriso:
elas se tornam sempre lindas,
não murcham,
não morrem,
sempre florescem.
.............................

O teu amor me abraçou,
abracei a vida,
a poesia nos abraçou.
 
IMPOSSÍVEL É ESQUECER-TE

SOBRE O LENÇOL MANCHADO

 
BLOG DO POETA
Raymundo Cortizo Perez - porque a vida é feita de pequenas histórias.

SOB O LENÇOL MANCHADO

Poetry Raykorthizo Perez

A vida não dá sopa,

dá pedregulho,

às vezes engulo,

outras, não.

..........

O amor, a morte

e a poesia,

quem explica?

Ninguém.

.........

Durante o sono,

a tua saudade

dorme

em mim.

...........

O amor é sem porquê.

Um amor é um amor é um amor,

o amor é o amor é o amor.

Há um amor

no meio do meu amor,

desse amor cuido eu,

ele é descuidado.

..........

Muitas vezes me olhando

com os seus olhos negros

me pergunta sorrindo:

- Em que crês?

Eu lhe respondo:

- Em teu amor eu encontro a minha fé,

meu paraíso,

meu Deus e minha eternidade.

...........

Os pássaros da saudade

repousam em mim.

Às vezes, cantam, voam...

Depois aninham-se.

..........

És diferente em tudo

e de todos,

para ti, bom mesmo é o que tens,

que é melhor que o de todos.

Morrerás

como todos morrem.

..........

As curvas do teu corpo,

os belos seios,

as roliças cochas,

tudo era meu.

Dia após dia,

o tempo é inconstante,

e caíste e levantaste, caíste, caíste...

Agora,

nem o teu retrato tenho,

restaram, apenas,

a conta da loja,

o batom, o rímel e o perfume impregnado,

empoeirados sob o lençol manchado.

...........

Bendita seja a mulher

que faz do seu corpo lindo,

o ninho de um destino em seu ventre.

..........

Nada fales,

nem pergunte

e nem interrogues.

O destino não te dirá nenhuma palavra,

entre a razão e o silêncio

não há diferença.

Não há outro caminho,

o caminho és tu

e a tua turbulência.

Hoje é a véspera.

...........

É preciso colher,

escolher

toda a poesia

do dia

na haste da dor

e da melancolia.

...........

Entre a sua boceta e o seu cu,

prefiro o tato hábil da minha mão.

...........

Hoje já não sou

o que antes era,

quando eu era

a minha quimera.

Hoje sou, sozinho;

sozinho sou.

...........

Não preciso aprender mais nada.

Já sei o essencial!

Absolutamente

tudo é sempre nada,

e coisa nenhuma

não é alguma coisa.

...........

Sou palavras em silêncio

e a noite escura e densa.

As estrelas me escrevem,

mandam poemas,

recitam,

depois soletram e ecoam.

Neste exato momento,

o momento não existe.

..........

Perdidas no ar

estão as palavras

e eu perdido nelas.

Quem me dera fosse eu,

o ar que beija os teus lábios.

..........

Por graça ou esporte,

por amor, tesão ou não,

enquanto eu te comia,

eu te fodia - mentia

dizendo que amava,

não amava, não,

não amava.

..........

O que mais dói é a dor

de não saber o que dói

se a dor que dói é a dor que mata

antes de se morrer.

Amor e dor,

um é o peso, o outro o contrapeso,

uma harmoniosa rima.
 
SOBRE O LENÇOL MANCHADO

PEGA A TUA PRÓPRIA SOMBRA

 
PEGA A TUA PRÓPRIA SOMBRA

Raymundo Cortizo Perez

Poetry Raykorthizo Perez

Pega a tua própria sombra

como tua companheira.

Não esperes nada.

Proteges o teu segredo

e guardes o teu coração à sete chaves.

Não traias o teu irmão,

trairás a ti também.

Não te oponhas ao sofrimento,

trate-o em silêncio,

ele é efêmero.

O que é para vir, virá...

Se baterem a porta para o teu coração,

não digas nada,

vires a costa e vá embora,

o silêncio e o tempo te compensará.

Na vida tudo é medo

e medo dos medos.

Expulsa-os todos.

...........

Vazio.

de nada posso queixar

se ainda

estou esperando o quê?

..........

Cheguei naquele lugar

pelas nuvens que desviei.

muita poeira e um vento louco.

não podia confiar,

só em milagres.

comi frutos verdes da ansiedade,

bebi água que me deixou mais sedento.

não tive medo.

para te sentir escolho o amor.

..........

Ela já se foi - morreu.

ficas com outra se já não podes

estar com a mulher que amas...

- E quem te disse - respondeu

o poeta - que não estou com ela.

..........

Conto o tempo

e o desconto da vida.

Ouço passos...

Preciso dormir,

não durmo.

vejo um vulto,

não é um vulto,

é a tua sombra.

Ver?

a poesia é invisível,

nem me comove,

nem me incomoda,

nem me compele.

tento manter-me vivo,

não o corpo,

a alma.

..........

Após ouvir o estampido de um bala perdida,

gritam:

um leito pelo amor de Deus,

para a mulher doente e pobre,

mulher triplamente miserável

que padece de três pragas:

pobreza, enfermidade e feminicidio.

Das três, a mais terrível - a terceira,

hereditária e milenar,

repassada pelas famílias de geração à geração,

porque homem tem que ser macho,

não homem.

Foi trazida para cá pelo ódio,

pelo mal caratismo do mundo inteiro,

todo o mundo - o resto do mundo.

É um mal incurável:

sem cirurgia,

sem remédio,

nem vacina.

lágrimas rolam

em face a dor sem cura.

...........

Nada tenho a esconder

nada tenho a temer

nada tenho a perder

tudo está em perfeita ordem

desde a manhã de amanhã.

O último trem já passou.

..........

Não se trata de quem é bom na sua presença,

mas de quem lhe é leal na sua ausência.

..........

A sua presença não me faz companhia,

então vivo na solidão envolto de saudade.

...........

Maturidade

é quando decepcionado pela ingratidão,

não discute, não revida,

tolera o insulto, esquece a ofensa,

não reclama, não julga, não reprova

e nem condena,

apenas continua caminhando em paz,

iluminando com a própria luz

a própria alma.

..........

Ninguém encontra o seu caminho, sem que antes,

se perca muitas vezes.

..........

É

esquisito,

mas somos tão maltratados que,

quando uma pessoa tenta ser gentil

e educada, ficamos com medo,

ficamos desconfiados,

não acreditamos

e queremos fugir.

..........

Ah...

se soubéssemos o quanto o carinho salva,

a atenção alimenta, o quanto um sorriso

fortalece, que um abraço toca na alma,

não estaríamos perdendo uns aos outros

todos os dias,

e seríamos menos egoístas, menos orgulhosos;

mais solidários, humildes e prestativos,

tudo pelo bem da nossa alma,

que cativa no invólucro, chora, chora...

..........

A luz não luta contra a escuridão.

Quando a luz se manifesta,

a escuridão desaparece.

...........

Não julgue o erro alheio,

somos todos imperfeitos.

Todos nós erramos,

mas melhoramos

com os nossos erros

quando aprendemos a lição.

..........

Solidão? Solidão, não!

na mais completa solitude,

a via em sua plenitude,

e em toda completude.

Nada me fere, nem me causa dor,

a vida é uma linda canção,

nunca digo não, nem digo que sim...

Viver é uma questão opcional,

existe o bem e o mal,

mas a escolha é minha,

se não sei ser feliz sozinho,

vou ser feliz com quem?

Para mim, sou a melhor companhia,

nada me ilude, nem me confunde.

..........

Tenha uma conduta digna e elevada.

Aja com princípios de honestidade

e sinceridade.

(nada de trapaças e mentiras)

A vida é exímia

cobradora e não perdoa

quem erra sabendo que está errado.

..........

Não exponhas em conversas

as tuas feridas:

As aves de rapina se alimentam disso.

..........

Às vezes conhecemos

alguém e de sua imagem construímos

sonhos em castelos de esperança.

Embora, sintamos a afeição,

a afinidade recíproca e a simpatia floresce,

nada acontece para uma aproximação....

Paciência...

Talvez um e o outro

estejam em jornadas diferentes,

construindo e evoluindo nas lições da vida

para o reencontro nas bênçãos do porvir.
 
PEGA A TUA PRÓPRIA SOMBRA

Seja simples e honesto

 
SEJA SIMPLES E HONESTO

Tem bocas que só sabem ofender, outras foram feitas para beijo.

Na casa da saudade há uma só janela, eu a chamo de Ana.

Se você está vivendo um mal momento, segue caminhando, o mal é o momento, não é você.

Perdoar é ganhar a guerra sem precisar lutar.

Seja simples e honesto
com os sentimentos das pessoas:
Não viva para deixar inimigos,
viva para deixar saudades.

Não importa o assunto, jogue limpo
com as pessoas, não minta, não esconda,
não seja omisso, seja responsável, honesto e
respeite as diferenças, e principalmente
não finja ser o que você não é...
Dignidade é ouro, e a honra é imaculada.
 
Seja simples e honesto

ANA - A HISTÓRIA DE UM AMOR

 
Raymundo Cortizo Perez

Poetry Raykorthizo Perez

..........

Linda, lindamente linda,

indeslindável,

eixo da terra.

Além de ti

nada mais quero,

nem espero.

..........

Pude sentir

o pensamento ganhou voo

e a voz não saiu

quando olhou para mim

mistura de amizade

com não sei o quê?

Todo mundo viu

o que o meu viu

que o teu não mentia.

..........

O vento é chama

quando ele clama,

amar é chama!

Amo Ana,

o amor é chama.

...........

Do lugar onde sempre estamos certos,

nunca brotarão flores da primavera.

O lugar onde sempre estamos certos,

é batido e duro como um chão batido e duro.

O amor esfarela o coração

e um murmúrio será ouvido no lugar

onde havia uma casa - o quarto, a cama

onde os nossos corpos eram auroras e crepúsculos,

quando para ti, o meu nome, era: "meu amor",

e o teu, princesa.

..........

Sou um jardinador,

carrego em meu peito

uma flor de amor

e é por isso que chovo vez em quando

prantos de saudades de ti, tantos quantos...

..........

O poeta é uma pássaro de fogo,

que com o seu cantar de fio de seda,

cantando conta a dor da saudade,

com todas as letras da palavra amor,

o teu nome.

..........

Visto o coração de alegria,

antes da saudade sangrar

em nuvens densas.

Viajo pela vida pisando firme

entre as flores da esperança

e com o coração feliz,

totalmente seu.

...........

Quando penso em ti,

uma pétala de paz floresce

em meu coração,

outras nascem

e perfumam a minha vida,

enquanto caminho no afeto

das suas lembranças.

..........

Durante o sono,

a tua saudade

dorme

em mim.

..........

Muitas vezes me olhando

com os seus olhos negros,

me pergunta sorrindo:

- Em que crês?

Eu lhe respondo:

- Em teu amor eu encontro

a minha fé, meu paraíso,

meu Deus e minha eternidade.

..........

Os pássaros da saudade

repousam em mim.

...........

Hoje já não sou o que antes era,

quando eu era a minha quimera.

Hoje sou, sozinho; sozinho sou.

..........

O que mais dói é a dor de não saber o que dói

se o que dói

é a dor que mata antes de se morrer.

...........

Existe um lugar,

onde o vento não chega e o tempo não existe,

ele se chama coração,

onde mora o meu amor por ti.

..........

O tempo

é um rio que corre,

que o vento leva.

Passa o tempo.

O tempo passa.

Só não passa a saudade

que não passa no tempo,

nem o vento leva.

Saudade....

..........

Se alguma pessoa te dizer

que não te amo,

mesmo que essa pessoa seja eu,

não acredite
 
ANA - A HISTÓRIA DE UM AMOR

DEUS TE GUARDE MEU AMIGO DE ALMA BOA

 
DEUS TE GUARDE MEU AMIGO DE ALMA BOA

Deus te guarde meu amigo de alma boa...
sempre me ajudou sem nada receber em troca.
Deus te ilumina e te ilumine a tua humildade quando
o arrogante se acha mais e tu te apagas para garantir
a luz do amor.
Deus te engrandeça meu amigo de alma boa por renunciar
a ambição e o teu conforto em proveito da paz
do teu irmão em humanidade.
Deus te guarde meu amigo de alma boa e Deus te faça feliz
por tudo de bom que me fez
pelas lições de amor, pelo exemplo de vida,
iluminado ilumina com a tua luz, enchendo a vida do mundo.
 
DEUS TE GUARDE MEU AMIGO DE ALMA BOA

VERSOS PARA ANA (uma história de amor) - I

 
VERSOS PARA ANA (uma história de amor)
Raymundo Cortizo Perez

..........

Queria viver de não só sonhar em versos,
queria ter os teus seios para apalpar,
a tua boca sedenta,
os teus lindos olhos,
ver a tua blusa se abrindo em rimas,
ter os teus beijos sonhadores,
a poesia do teu corpo nu.

..........

Silêncio na cidade,
todo esse povo
é Maracanã lotado.

A moça que passa,
passa cantando Skank:
"o caminho só existe
quando a gente passa"

Um passarinho se perdeu voo,
o muro e nada mais.

...........

Os olhos que olham,
que olham o olhar
dos olhos que não olham.

...........

Viveremos juntos o nosso amor,
ele é para sempre,
e de vez em quando,
pescaremos juntos versos
e poemas.

...........

Assim é o amor,
se não semear não nasce,
se não cuidar não cresce,
não floresce e não dá frutos.
O amor é uma semente.

...........

Há atalhos
para a felicidade
e o teu sorriso é um deles.

...........

Primeiro roubou-me um olhar,
depois um sorriso.
Mas, o coração, não.
O coração eu dei.

...........

No céu de Minas,
há estrelas,
poemas e rimas.
Há morenas,
e uma morena.

............

O amor é o mais generoso
dos sentimentos,
é o único que inclui em seus sonhos,
a felicidade de outra pessoa.

...........

E, embora fôssemos a mesma luz matutina,
também de vez em quando
éramos versos da mesma poesia.
Eu via nela todos os encantos,
tinha defeitos, e qualidades incomparáveis.
Ainda ouço a doçura de sua voz suave
chamando por mim.
Não era eclética e tínhamos o mesmo gosto,
cabeça igual.
Conversávamos tanto e todos os dias,
no final do dia,
um esperava pelo o outro.
Daí minha alma sentia necessidade inseparável dela.
Para cada um a vida deu um rumo,
mas o caminho e o porto nos ajustou no destino.
E nessas voltas que a vida dá
a vida fez de nós
o grande amor que fomos
sem saber que o que tínhamos vivido era amor.
Somos o que éramos e seremos o que fomos.
 
VERSOS PARA ANA (uma história de amor) - I

DIÁRIO DE UM POETA - III

 
DIÁRIO DE UM POETA - II
porque a vida é feita de pequenas histórias

O máximo de conteúdo, o mínimo de palavras.

..........

Na excelsa esperança do porvir,
deixemos de lado as paixões inferiores:
nascemos para evoluir.

..........

Ao ser ofendido,
a reação é ofender, isso não resolve.
O que soluciona o ofensa,
é o perdão acompanhado do silêncio e do esquecimento.

..........

A sensualidade feminina é a beleza multiplicada.

..........

O passado pode doer, mas é com ele que tens a aprender.

..........

Quando há o mais que necessário,
o mais que necessário
se torna desnecessário.

..........

Deus mora no coração das mães.

...........

O maior erro,
depois do erro,
é não assumir o erro.

..........

Lágrimas não são palavras.

...........

O beijo é um idioma universal que pelo qual, dizemos
e ouvimos a palavras amor.

...........

Segredei em seus lábios um beijos, mas o coração descobriu.

...........

São coisas tão belas, tão lindas, que o meu coração amou de olhos fechados.

...........

A mulher é a luz da alma do homem.

...........

O fruto nunca vem antes da flor.

...........

As pessoas más, também são amadas,
mas não sabem amar.

...........

A vida quanto mais vazia é, mais pesada fica.

...........

O amor é a toada da vida - é uma música que ora se ouve,
ora se canta.

............

A mulher não nasce: Ela desabrocha,
floresce, perfume e encanta.

...........

O caminho para o amor? O amor é o caminho.

...........

Três palavras mágicas e encantadas: Eu te amo.

...........

Ame, incessantemente; outra vez digo, ame incessantemente.

..........

O que a mim desejas, a ti desejo setenta vezes sete vezes.

...........

Eu gosto é do gosto do cheio do seu cio.

...........

Para onde o coração se inclina, os pés caminham.

............

O amor é um idioma que o cego pode ver e o surdo ouvir.

............

Quem se arrepende começa a aprender.

...........

Fé é, se não tem por onde passar, Deus abre o mar.

..........

O amor é a escolha do coração.

...........

O mundo muda com o exemplo, não com a opinião.

...........

A vaidade desconhece a virtude.

...........

a pedagogia do amor é amar
 
DIÁRIO DE UM POETA - III

RECADOS PARA A VIDA - I

 
RECADOS PARA A VIDA - I
Raymundo Cortizo Perez

O que espalhas no vento,
o vento traz de volta.

Preste muita atenção,
uma atenção especial,
antes de emitir a tua opinião,
seja indagando ou respondendo,
ou fazendo juízo de valores:
As tuas palavras geram vínculos no espírito,
pois que, a vida te julgará
com a mesma medida que mediu,
e com o mesmo peso que pesou.
Não te esqueça que,
a tua palavra pode te libertar ou te condenar;
depende somente de ti, do teu bom-senso.
Esta é a Lei. A vida é assim.

Seja sempre solícito, solidário,
e equilibrado em teus pensamentos,
em tuas emoções, e espiritualmente.
Tenha como principio a ponderação
e cultive a bondade, a caridade, o respeito;
se assim semear, colherá bons frutos;
nos domínios do amor,
é bom não esquecer que,
se hoje te pedem,
amanhã terás de volta
a recompensa do bem praticado,
ou terás de pedir, e muito provavelmente
de maneira humilhante,
o bem que deixou de fazer.
Esta é a Lei. Assim é a vida.

Ah, o tempo...
Só ele tem a sabedoria
quem é de fato,
o que de fato é.
Esta é a Lei. Assim é a vida.

Não aponte o erro alheio como se fosse imperdoável,
possivelmente sejas ainda mais culpado,
porque para saber tanto do erro apontado,
no mínimo, compartilha da mesma experiência,
ou já compartilhou;
é mais fácil e mais proveitoso ajudar que criticar.
Viva e deixe viver contribuindo para o bem de todos,
pois, querendo ou não, fazes parte do contexto geral.

Não busque a felicidade à custa
da dor e do sofrimento do teu irmão em humanidade;
pois que, o teu desiquilíbrio mental,
emocional e espiritual,
será corrigido sob as duras penas
das Leis da vida que são divinas.

Não medi nada,
apenas fui, fui...
Hoje, arrependido
peço perdão à vida.

Não prepare
cilada no caminho de que diz
que te ama;
Certamente, quem prepara é o que cai primeiro.
--------------------------
VISITE O BLOG
https://sonhospoesiaseversos.blogspot.com
 
RECADOS PARA A VIDA - I

ORGASMOSPOÉTICOS

 
ORGASMOS POÉTICOS
Raymundo Perez Cortizo

.......... ..........

O poema
gozou

com a poesia.

......................................



O verso
ejaculou

um poema.

......................................

Quando viu o tamanho da inspiração,
a poesia a abriu as pernas.

.....................................





Versos masturbam,
ejaculam

na fenda da poesia.

......................................





A poesia ficou molhadinha,
quando sentiu a ereção dos versos.

...........................................







A vagina,
era uma poesia com métricas e rimas

e de versos alexandrinos.

........................................

O verso despia
a poesia:

gemia.

......................................



O poema enrijecido
rimou

na orvalhada poesia.

.....................................



Textual e nua,
a poesia murmurou:

Tenho múltiplos versos e sou sua.

.....................................







O verso todo pasmo
treme semântica suado,

e a poesia, no lírico orgasmo.

.......................................



A poesia sensual e com cio de fantasias,

queria mil e uma noites de versos alexandrinos, épicos...

O poema em riste só queria lirismo em versos livres.

...................................







Louvado seja,
o verso ereto

e a poesia pentelhuda.

...........................................





Foram tantos os cios,

tantas as sacanagens

memoráveis e inesquecíveis,

que a poesia virou flor

e a poesia deu flor

num orgasmo perfumado.
 
ORGASMOSPOÉTICOS

ANA

 
ANA
Raymundo Cortizo Perez

---------- . ----------

o amor é uma estrela que floresce

no coração das pessoas.

Tudo na vida é flor;

A terra é uma flor,

o céu é uma flor fosforescente

florescente

tudo floresce.

Digo coisas bobas, bem bobas

e bem baixinho,

só para mim.

Digo para me fortalecer

e me dar coragem,

também para me confundir,

para que esqueça da minha grande dor,

a dor maior.

A lágrima também é uma flor.

Repito frases só para mim,

sou como um sino que se repete e se repete.

Ana está bem feliz

onde só vive quem é feliz,

ela vive em uma flor.

Ana é uma flor.

Ana é uma flor.

Todas as flores florescem de amores,

de amores por ti elas florescem,

fosforecem para ti.

Tu não estás aqui,

partiu para o mundo das flores.

E eu aqui, que fico, que faço?

Quero te dar um abraço cheio de saudades,

e de ti quero outro.

Quero um abraço dos teus lindos olhos negros...

A saudade é uma flor fosforescente, florescente.

A vida não repete dias,

tudo passa tão rápido,

que ontem, hoje e amanhã já são anos que se passaram.

Que flua no tempo, o tempo, onde as flores flutuam no tempo.

Desde que tu partiu,

sou grato a cada dia que se vai,

a cada dia que se passou me coloca mais perto de ti.

A saudade, desenha o contorno da vida

que floresce iluminada, perfumada no tempo que corre florido,

entre estrelas de flores fosforescente.

Em tua homenagem, as flores floridas

fazem um minuto de silêncio,

depois em ato contínuo de reverência elas te aplaudem,

como antes aplaudiam os teus lindos olhos negros

que brilhavam sobre elas.

Belas flores floridas te enfeitam de amor,

o amor das flores da minh'alma,

e tu, tu sempre será uma flor florida

enfeitando as flores da vida
 
ANA

PEGA A TUA PRÓPRIA SOMBRA

 
PEGA A TUA PRÓPRIA SOMBRA

Raymundo Cortizo Perez

Poetry Raykorthizo Perez

Pega a tua própria sombra

como tua companheira.

Não esperes nada.

Proteges o teu segredo

e guardes o teu coração à sete chaves.

Não traias o teu irmão,

trairás a ti também.

Não te oponhas ao sofrimento,

trate-o em silêncio,

ele é efêmero.

O que é para vir, virá...

Se baterem a porta para o teu coração,

não digas nada,

vires a costa e vá embora,

o silêncio e o tempo te compensará.

Na vida tudo é medo

e medo dos medos.

Expulsa-os todos.

...........

Vazio.

de nada posso queixar

se ainda

estou esperando o quê?

..........

Cheguei naquele lugar

pelas nuvens que desviei.

muita poeira e um vento louco.

não podia confiar,

só em milagres.

comi frutos verdes da ansiedade,

bebi água que me deixou mais sedento.

não tive medo.

para te sentir escolho o amor.

..........

Ela já se foi - morreu.

ficas com outra se já não podes

estar com a mulher que amas...

- E quem te disse - respondeu

o poeta - que não estou com ela.

..........

Conto o tempo

e o desconto da vida.

Ouço passos...

Preciso dormir,

não durmo.

vejo um vulto,

não é um vulto,

é a tua sombra.

Ver?

a poesia é invisível,

nem me comove,

nem me incomoda,

nem me compele.

tento manter-me vivo,

não o corpo,

a alma.

..........

Após ouvir o estampido de um bala perdida,

gritam:

um leito pelo amor de Deus,

para a mulher doente e pobre,

mulher triplamente miserável

que padece de três pragas:

pobreza, enfermidade e feminicidio.

Das três, a mais terrível - a terceira,

hereditária e milenar,

repassada pelas famílias de geração à geração,

porque homem tem que ser macho,

não homem.

Foi trazida para cá pelo ódio,

pelo mal caratismo do mundo inteiro,

todo o mundo - o resto do mundo.

É um mal incurável:

sem cirurgia,

sem remédio,

nem vacina.

lágrimas rolam

em face a dor sem cura.

...........

Nada tenho a esconder

nada tenho a temer

nada tenho a perder

tudo está em perfeita ordem

desde a manhã de amanhã.

O último trem já passou.

..........

Não se trata de quem é bom na sua presença,

mas de quem lhe é leal na sua ausência.

..........

A sua presença não me faz companhia,

então vivo na solidão envolto de saudade.

...........

Maturidade

é quando decepcionado pela ingratidão,

não discute, não revida,

tolera o insulto, esquece a ofensa,

não reclama, não julga, não reprova

e nem condena,

apenas continua caminhando em paz,

iluminando com a própria luz

a própria alma.

..........

Ninguém encontra o seu caminho, sem que antes,

se perca muitas vezes.

..........

É

esquisito,

mas somos tão maltratados que,

quando uma pessoa tenta ser gentil

e educada, ficamos com medo,

ficamos desconfiados,

não acreditamos

e queremos fugir.

..........

Ah...

se soubéssemos o quanto o carinho salva,

a atenção alimenta, o quanto um sorriso

fortalece, que um abraço toca na alma,

não estaríamos perdendo uns aos outros

todos os dias,

e seríamos menos egoístas, menos orgulhosos;

mais solidários, humildes e prestativos,

tudo pelo bem da nossa alma,

que cativa no invólucro, chora, chora...

..........

A luz não luta contra a escuridão.

Quando a luz se manifesta,

a escuridão desaparece.

...........

Não julgue o erro alheio,

somos todos imperfeitos.

Todos nós erramos,

mas melhoramos

com os nossos erros

quando aprendemos a lição.

..........

Solidão? Solidão, não!

na mais completa solitude,

a via em sua plenitude,

e em toda completude.

Nada me fere, nem me causa dor,

a vida é uma linda canção,

nunca digo não, nem digo que sim...

Viver é uma questão opcional,

existe o bem e o mal,

mas a escolha é minha,

se não sei ser feliz sozinho,

vou ser feliz com quem?

Para mim, sou a melhor companhia,

nada me ilude, nem me confunde.

..........

Tenha uma conduta digna e elevada.

Aja com princípios de honestidade

e sinceridade.

(nada de trapaças e mentiras)

A vida é exímia

cobradora e não perdoa

quem erra sabendo que está errado.

..........

Não exponhas em conversas

as tuas feridas:

As aves de rapina se alimentam disso.

..........

Às vezes conhecemos

alguém e de sua imagem construímos

sonhos em castelos de esperança.

Embora, sintamos a afeição,

a afinidade recíproca e a simpatia floresce,

nada acontece para uma aproximação....

Paciência...

Talvez um e o outro

estejam em jornadas diferentes,

construindo e evoluindo nas lições da vida

para o reencontro nas bênçãos do porvir.
 
PEGA A TUA PRÓPRIA SOMBRA

VERSOS DE FÉ

 
BLOG DO POETA
Raymundo Cortizo Perez - porque a vida é feita de pequenas histórias.

Muitos querem estar
vivendo o amor, a paz e a luz,
mas, ninguém quer se sacrificar
para ter no coração, Jesus.

É em teu coração
que tens o templo de Jesus,
ajoelhado, busque-O em oração,
rogando perdão, paz e luz.

Medite nas palavras do Mestre
e procure vivê-las no dia a dia,
praticá-las no plano terrestre,
só assim, viverá com alegria.

Resplandecente luz do mundo
e caminho que nos conduz,
é o Evangelho, ensino profundo
ditado pelo amado Cristo Jesus.

Nunca, não reclames jamais,
quando no rosto te fecharem a porta,
saiba que Jesus, o Justo, tem mais
para te dar, tenha fé, ore e suporta.

Amar sem escolher, sem julgar,
sem ressalva ou restrição,
só assim poderá mostrar
a porta aberta do coração.

Deus não ama a covardia da violência,
nem a ignorância verbal contumaz,
Ele ama a bondade, a paciência,
porque Ele é amor, perdão, luz e paz.

Os anjos foram buscar Pedro na prisão,
mas foi a fé e a oração de cada irmão
que buscaram os anjos para a libertação
de Pedro. A oração é a luz do coração.

Que o grande Deus da esperança
dê a todos muita paz e muita alegria
e que a fé transborde de confiança
em Cristo, abençoando o dia a dia.

Este é o momento, o momento
certo, alegra-te e o desfruta,
nem tudo é de bom sentimento,
na oração, escolha a fruta.

A virtude está em praticar o Bem,
nunca em não fazer o Mal.
Não fazer o Bem e o Mal não fazer
é a mesma coisa, procure entender
sem ilusão, de modo natural:
Faça o Bem sem saber a quem,
e o Mal não o faça a ninguém

A obra de Deus é como um rio
que mesmo insultado, desata os nós,
contorna obstáculos e vence o desafio
e faz valer o amor e desagua na foz.

Louvado seja o Senhor,
para Ele, um cântico de amor,
em cada verso, um louvor,
louvando o Messias, o Redentor.

Senhor, tenho alegria em teu amor
leal. Tu conhece a minha aflição,
a angústia da minha alma e a dor.
Sei que no tempo certo, terei a bênção.

Quanto mais gratos somos,
mais feliz nos tornamos.
Tudo é como se fosse um prece,
quanto mais se agradece,
só maravilha nos acontece,
porque Deus é fiel e nos engrandece.

A ti próprio dás a sentença,
sem que de ti seja sabida.
O teu agir, o que fala e pensa
é o fiel que julga, a tua própria vida.
 
VERSOS DE FÉ