https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Rasto

 


Analisando me desventro

E vou por mim a dentro

Num labirinto

Revolvo a lama e a poeira

Duma vida inteira

Me desminto .



Procuro a chama

Que em mim reclama

Por direito

Mas não encontro

E me desconcentro

Com cada defeito .



Vem a vergonha

Que me acanha

E autorizo

Até me submeto

Ficando quieto

Me desvalorizo .



É a escuridão

Da velha solidão

Que deixou rasto

Mexi na lama

E de quem me ama

Até me afasto .



Vim de vaidoso

A mal cheiroso

Repelente

Serei eu assim

Ou penso o que de mim

Pensa outra gente .



Sinto-me sujo

De mim não fujo

Porque não posso

Em lágrimas me lavo

Me alinhavo

E a vós me endosso .


bloackt


Nascer para ser feliz

 
Autor
bloackt
Autor
 
Texto
Data
Leituras
574
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Betha Mendonça
Publicado: 14/01/2010 17:29  Atualizado: 14/01/2010 17:29
Colaborador
Usuário desde: 01/07/2009
Localidade:
Mensagens: 6741
 Re: Rasto
Apreciei o jogo de palavras que usas nos versos do poema para dizer de tuas sensações.Bonito e rítmico.
Bjins, Betha.