https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Nas Entrelinhas

 
Tags:  Registrado  
 
Nas entrelinhas tento desvendar
teus mistérios e nelas
me chegam os mais
amorosos e quentes versos!

Nas entrelinhas posso ouvir tua
voz cálida em meus ouvidos
A me dizer palavras de teu amor
Nas entrelinhas é como aprendo mais de ti
Do “sub imerso”, subentendido, consciente
De teu universo mais particular

Nas entrelinhas é quando mais te posso admirar
Distingo-o, desvendo-o, me visto de ti!
Nas entrelinhas, mesmo de longe é
quando mais te posso sentir

Menos distante que antes...

Sinto-te aqui presente e me fazes amor...
Tocas meu corpo, me beijas,
me sugas a boca e me sorves deliciosamente,
gole a gole,
Degustando-me devagar,
Demoras pra terminar...

Nas entrelinhas é quando mais entendo
Teu jeito de amar...

Nas entrelinhas...





Ariadne Cavalcante

 
Autor
Ariadnehcavalcante
 
Texto
Data
Leituras
1955
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/07/2010 21:34  Atualizado: 15/07/2010 21:34
 Re: Nas Entrelinhas
Gosto disto de amar nas entrelinhas...
Gostei do seu poema!
Parabéns!
Edilson


Enviado por Tópico
Avozita
Publicado: 15/07/2010 21:39  Atualizado: 15/07/2010 21:39
Colaborador
Usuário desde: 08/07/2009
Localidade: Casal de Cambra - Lisboa
Mensagens: 4533
 Re: Nas Entrelinhas
Seja bem vinda ao Luso.

Começou bem.
Li nas entrelinhas o sabor e o saber
do amor.
Gostei.
Antonieta