https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Luar Azul

 
Tags:  luz    luar  
 
Em matizado degradê qual manto fosse
Os oceanos, no azul em ti achado,
Em cantilena, rumorejam ária doce,
E na platéia o infinito estrelado.

Meu Solitário coração te faz lareira
Da nostalgia alimentada ao anoitecer
E de alegria se tinge a pasmaceira
Já não assusta o cinzento escurecer.

Em tons azuis se enfeita a aba da noite
No silencio do infinito rendilhado...
Se névoas te embaçam, triste açoite
Pro olhar com que te busco apaixonado!

De imensurável beleza o anil temperas,
No entardecer ao revoar das pombas
E no canto do galo, ao declinar esperas
O astro rei que te vem beber as sombras

Rainha Inacessível ao Senhor do dia,
Em banhos íntimos de recamadas cores
Se me entregas, despida, o corpo em orgia,
Ao murmúrio plácido de trovas de amores!

Arrebata-me, pois, Soberana dos espaços
Ancora-me em teu seio o coração triste
E à minh’alma acalenta em seus braços
Libertando-a do laço que desfazer resiste


 
Autor
Manito
Autor
 
Texto
Data
Leituras
823
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 16/02/2011 17:59  Atualizado: 16/02/2011 17:59
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29310
 Re: Luar Azul
ESTAVA COM MINHA FILHA NO CÉU A OLHAR ELA PARA MIM FALAR, "PAI QUE LINDO AZUL QUE LUAR LINDO AZUL FICAR" QUE MARAVILHA, MARAVILHOSO TEXTO.
DEIXO MEU ABRAÇO

MARTISNS

Enviado por Tópico
Tânia Mara Camargo
Publicado: 16/02/2011 22:05  Atualizado: 16/02/2011 22:05
Colaborador
Usuário desde: 11/09/2007
Localidade:
Mensagens: 4263
 Re: Luar Azul
lindo demais, lirismo à flor da pele,
versos inebriantes à dama da noite,
adorei,
bjs