https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Resquícios

 
Não restou nada
Nem ódios, nem alegrias
Apenas resquícios de uma fumaça
De algo que tentou ser algum dia.

Não é um homem quem agora fala
É um campo imenso, neutro e vazio
Uma alma envolta em mortalhas
Uma mente na tênue linha do delírio.

Não restou nada.
Talvez ódios ou resquícios
Talvez fumaças de alegrias
De algo não dito ou omisso
De algo que tentou ser algum dia.

Não restou nem mesmo a fotografia.
Ou fios de cabelos na cama ou paletó
(Como dizia aquela música caipira)
Apenas uma lágrima cristalina,
Uma dor ferina e só.

Logo aquilo que aparentava puro fogo
Que era imortal e o maior de todo mundo
Que enternecia a carapuça do ser mais imundo
Colocando chamas de estrelas no corpo todo!

Logo aquilo que logo virava canções e poesias
Saídas da alma tais quais pássaros azuis e loucos
Aquilo que arrefecia aquentando o corpo pouco a pouco
E em êxtase maravilhoso lentamente se dissolvia!

Logo aquilo que embalava meus sonhos e coração
Que me despia de mim mesmo num infindo revoar
Que me fez acreditar que valeria a pena eu te amar...
Agora resquícios de incêndios, cinzas pelo chão.

Não restou nada.
Talvez ódios ou alegrias
De um fogo transmutado em cinzas
Resquícios de uma fumaça
De algo que tentou ser um dia
E que agora não é mais nada.



Gyl Ferrys

 
Autor
Gyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
766
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
6
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 02/06/2011 13:39  Atualizado: 02/06/2011 13:39
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29256
 Re: Resquícios
Um poema que é um espetáculo, deixo meu abraço

Que maravilha


Enviado por Tópico
JOSÉMANUELBRAZÃO
Publicado: 02/06/2011 15:28  Atualizado: 02/06/2011 15:28
Colaborador
Usuário desde: 02/11/2009
Localidade: Lisboa, PORTUGAL
Mensagens: 7775
 Re: Resquícios
Gyl, reconheço a sua Poesia em qualquer local, você é um Poeta genuíno e de estilo personalizado.

Abração do ZÉ


Enviado por Tópico
GeMuniz
Publicado: 02/06/2011 23:50  Atualizado: 02/06/2011 23:50
Colaborador
Usuário desde: 11/08/2010
Localidade: Brasil
Mensagens: 7283
 Re: Resquícios
Nessa triste desolação restou uma bela poesia. Uma das que mais gostei de sua lavra.

Um abração, Gyl