https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Sombrios : 

*Teias de Sonhos*

 
Tags:  sangue    sonhos negros  
 

“Teias de Sonhos,
Desenhadas por fios outrora tecidos,
De sentimentos de dores e amores antigos,
Que se tecem para lá das almas dos perdidos,
Cruzando e juntando infinitos coloridos.”

Open in new window

Pingas ainda da tua teia,
O sangue que verti em cada uma das minhas lágrimas,
Em cada dor esventrada no meu corpo,
Em cada amor que perdi das minhas tantas almas,
Sumidas desta carcaça de calmas.

E ouço o jorrar deste corpo,
Que tanto foi meu e o qual abandono,
Para se juntar ao teu nessa teia de sonhos,
Minh’almas adormecem profundamente num sono,
Onde só há frio que perde as cores do Outono,

E vejo cada gota a cair uma e depois a outra,
Nessa poça de essência que guarda tanto de mim,
E que eu entrego a cada fio tecido,
A cada sonho com aroma de jasmim,
Enterro minhas almas noutra paisagem, noutro jardim.


Marlene


Read more: http:ghostofpoetry.blogspot.com


Open in new window


 
Autor
Ghost
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1899
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
23 pontos
23
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
mariagomes
Publicado: 05/08/2011 19:50  Atualizado: 05/08/2011 19:50
Colaborador
Usuário desde: 18/04/2010
Localidade:
Mensagens: 1614
 Re: *Teias de Sonhos*
Olá amiga, gostei muito de ler estas teias de sonhos, lindo poema, têm beleza.
beijinhos
mariagomes


Enviado por Tópico
JOSÉMANUELBRAZÃO
Publicado: 05/08/2011 20:05  Atualizado: 05/08/2011 20:05
Colaborador
Usuário desde: 02/11/2009
Localidade: Lisboa, PORTUGAL
Mensagens: 7775
 Re: *Teias de Sonhos*
Sempre melhor a tua Poesia.

Beijo do ZÉ


Enviado por Tópico
JBMendes
Publicado: 05/08/2011 20:26  Atualizado: 05/08/2011 20:26
Colaborador
Usuário desde: 13/02/2010
Localidade:
Mensagens: 5222
 Re: *Teias de Sonhos*
Querida Marlene - Um poema emocionante, terno, lírico e carregado de paixão.
Om abraço afetuoso,
JBMendes


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 05/08/2011 20:46  Atualizado: 05/08/2011 20:46
 Re: *Teias de Sonhos* - Para Marlene
Marlene, tendo em vista que eu estou sendo um péssimo intérprete dos teus poemas(principalmente),
há de se ter paciência se a minha não for a correta... Mas essa é a beleza das artes... São de interpretação livre. Principalmente a poesia.
Com as minhas desculpas já arranjadas, eis o que vi aqui, como num sonho:
Lembranças antigas misturando-se às realidades, com uma união que dá tristeza, mas prende do mesmo jeito... Enquanto ela vai se perdendo mais e mais nessa relação, "gota a gota".
Foi o que li aqui...

Interpretação errada ou não, eu gostei bastante.

Um beijo e uma alegria pra você, minha querida.


Enviado por Tópico
belarose
Publicado: 05/08/2011 20:53  Atualizado: 05/08/2011 20:53
Colaborador
Usuário desde: 28/10/2010
Localidade:
Mensagens: 9026
 Re: *Teias de Sonhos*
Boa noite!Querida amiga Marlene

É na esperança destas teias se realizarem é que vamos caminhando...parabéns mais um lindo poema

beijos


Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 05/08/2011 21:13  Atualizado: 05/08/2011 21:13
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: *Teias de Sonhos*
Almas que vagabundeiam por dentro do nosso
pensamento como se emergissem na nossa própria alma!
Um poema que sugere a meditação.
Obrigada pela partilha.
Abraço, Marlene
Vóny Ferreira


Enviado por Tópico
Transversal
Publicado: 05/08/2011 21:27  Atualizado: 05/08/2011 21:27
Colaborador
Usuário desde: 02/01/2011
Localidade: Fortaleza - Lisboa
Mensagens: 3687
 Re: *Teias de Sonhos*
"enterro minhas almas"..."e...cada fio tecido"..."cada sonho"..."teia de sonhos"..."onde só há frio"..."e ouço"..."minhas lágrimas"..."em cada dor"..."que tecem para lá das almas"

"Noutro jardim"..."que guarda tanto de mim"

Excelente

Abraço te


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 05/08/2011 21:35  Atualizado: 05/08/2011 21:36
 Re: *Teias de Sonhos*
muito bem 'fantasminha';

Mario Quintana diz que 'o poema não precisa ser interpretado, ....
A vida é feita de incompletudes... Como os bares de mesas vazias.

por isso eu só direi que; gostei... e pronto.rss

beijo, e aquele abração bem Carioca.

silveiradobrasil

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 05/08/2011 21:51  Atualizado: 05/08/2011 21:51
 Re: *Teias de Sonhos*
Olá Marlene, estive lendo e pensando teu texto onde o poético nostálgico se lamenta dos amores que as muitas almas fruiram... e o sonho ,que para mim , tudo salva, aqui tece teias lindas com fios coloridos ...metáforas lindas.

Amo sonhar acordada (busco o passado mesclo com o futuro) realizo meus anseios e consolo- me nos devaneios...

Divaguei , porque gostei...como sempre.

Abraços

Enviado por Tópico
P03tiza
Publicado: 05/08/2011 22:26  Atualizado: 06/08/2011 00:37
Da casa!
Usuário desde: 14/07/2011
Localidade: Lisboa - Portugal
Mensagens: 238
 Re: *Teias de Sonhos*
Olá Marlene,

Bom, hoje resolvi intrepetar a imagem e assim tentar chegar à alma do teu feito.
E isto porquê? Porque a imagem, no seu caso, está sempre relacionada com o escrito e sei o trabalho, o tempo que nos leva até encontrarmos a imagem certa(:

A imagem demonstra um processo bastante lento de uma linda flor a murchar... uma flor que perdeu a luz, que deixou de ser alimentada, que deixou de respirar... agora adaptando ao seu escrito. Pode tratar-se mesmo daquela linda flor, uma flor que deu por si embaraçada numa teia que outrora brilhava para si e prometia que poderia voar, poderia pular nas nuvens. Aquelas teias que a faziam sonhar, faziam-na esquecer-se por momentos que era apenas uma flor. Prometiam-lhe o sol e a lua.
Teias, que a seus olhos ambiciosos, eram de fios delicados. Até ao dia, em que a flor, cansada de sonhar e ansiosa por viver aqueles todos prometidos, tenta controlar-se contra o poder daquelas teias sobre si, o poder de a persuadir. E por entre movimentos de pânico, e lágrimas de tristeza e desilusão, a flor perde as forças naqueles fios tecidos e fortalecidos por ela mesma, de amores que agora nada lhe valhem. É amachucada no meio daqueles devidos e prometidos.
Aquela flor, continua bela mas, agora pálida e fraquejada é atirada, sem compaixão, depois de domada por aquelas teias, para o Inverno... o frio a aguarda, o frio que ainda vem infectar as suas feridas e assim acabou esta linda flor que murchou, que perdeu a sua alma, os seus sonhos...Na verdade, foram aquelas teias, reveladas da escuridão, que a 'sugaram' mas, ainda se ergue dizendo que irá enterrar a sua alma noutro jardim, despedindo-se daquele outono.


Comentei de uma forma um pouco diferente, espero que não tenha fugido muito ao poema.

Gostei bastante, do seu poema, Marlene(:
Abraços e muitas felicidades,
Rute.

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 05/08/2011 23:27  Atualizado: 05/08/2011 23:27
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9314
 Re: *Teias de Sonhos*
Boa noite Merilene, sua personagem sente-se imensamente saudosa de uma relação afetiva que lhe fora importante, mas diante de desencontros ocorridos, ela esta disposta a adubar um outro jardim afetivo, parabens pelo seu contundente poema, MJ.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 06/08/2011 01:39  Atualizado: 06/08/2011 01:39
 Re: *Teias de Sonhos*
Marlene, como sempre lindamente bordados os seus poemas! Parabéns para o Algarve! Gosto muito de Lagos!

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 06/08/2011 04:45  Atualizado: 06/08/2011 04:45
 Re: *Teias de Sonhos*
Já sei por ti o que sentiu ao escrever, só posso lhe dizer que está belíssimo, como tudo que escreves. Abraço

Enviado por Tópico
msrdany
Publicado: 06/08/2011 14:51  Atualizado: 06/08/2011 14:51
Da casa!
Usuário desde: 18/10/2010
Localidade: Monte Carmelo - MG
Mensagens: 392
 Re: *Teias de Sonhos*
Belíssimo Marlene, adorei.

Beijos poetisa.

Enviado por Tópico
AdTe
Publicado: 08/08/2011 14:34  Atualizado: 08/08/2011 14:34
Da casa!
Usuário desde: 28/03/2011
Localidade:
Mensagens: 340
 Re: *Teias de Sonhos*
É nestas alturas,
que eu gostava de ter uma capacidade daquelas como certas pessoas (tu) tem de analisar o Poema na perfeição, e mostrar que realmente captou a essência do que leu...
eu gostei e senti que estas teias suportam a tua história!!

Beijinho grande*

Fico encantada cada vez que venho aqui :)