https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Não sei!

 
Não sei quantas vezes tentei alcançar
O espaço vazio para além dos teus braços.
Não sei!
Apenas sinto o frio das estrelas perdidas no espaço.
Não sei quantas vezes ergui a minha mão
Com vontade de tocar os teus dedos.
Não sei!
Apenas sinto a urticária das anémonas na minha pele.
Não sei quantas vezes te olhei
Para alcançar os campos de trigo nos teus lábios.
Não sei!
Apenas vejo uma crisálida que recusa a borboleta.
Não sei quantas vezes fiquei atento
Para escutar o teu silêncio.
Não sei!
Apenas sei, são mais os dias em que desejo morrer
Do que as noites em que vou vivendo.


Open in new window


 
Autor
Sedov
Autor
 
Texto
Data
Leituras
977
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
23 pontos
7
0
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 07/09/2012 23:44  Atualizado: 07/09/2012 23:44
 Re: Não sei! Sedov
Belo Assim e tão triste...

e dizer
Não sei!
dói
até ao fundo da Alma

gostei muito, muito ...

Sorriso com alma

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 08/09/2012 03:11  Atualizado: 08/09/2012 03:11
 Re: Não sei!
Tão dorido, triste...e belo teu texto.

Gostei da leitura, muito.

Enviado por Tópico
ipalha
Publicado: 13/09/2012 23:49  Atualizado: 13/09/2012 23:49
Participativo
Usuário desde: 06/09/2012
Localidade: Coimbra
Mensagens: 28
 Re: Não sei!
melancólico
triste
mas
belo

Enviado por Tópico
ipalha
Publicado: 13/09/2012 23:49  Atualizado: 13/09/2012 23:49
Participativo
Usuário desde: 06/09/2012
Localidade: Coimbra
Mensagens: 28
 Re: Não sei!
melancólico
triste
mas
belo

Enviado por Tópico
ipalha
Publicado: 13/09/2012 23:49  Atualizado: 13/09/2012 23:49
Participativo
Usuário desde: 06/09/2012
Localidade: Coimbra
Mensagens: 28
 Re: Não sei!
melancólico
triste
mas
belo

Enviado por Tópico
ipalha
Publicado: 13/09/2012 23:49  Atualizado: 13/09/2012 23:49
Participativo
Usuário desde: 06/09/2012
Localidade: Coimbra
Mensagens: 28
 Re: Não sei!
melancólico
triste
mas
belo