https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Traição

 
Tags:  amor    poesia    traição    procura    reconciliação  
 
Quantas lagrimas terei de derramar
Para a minha alma lavar
Aqui espojado neste chão
Aguardando a clemencia do teu perdão

Sei que dei alento ao verbo atraiçoar
Mas não sabia a quem amar
Fiquei confuso no momento
Não sabia mesmo o que dizer o que falar

Era parecida contigo, tinha todos os ideais
Pareciam momentos irreais
Pois nunca ninguém te será igual
Foi apenas a fraqueza que fez parecer tal

E depois que a fútil ilusão passou
O meu coração de novo acordou
Procurei-te para pedir teu perdão
Furiosa tinhas partido e com muita razão

Voei para parar o teu avião
Lembrar-te de novo da nossa canção
E ao ver-te ao longe tão desalentada
Quase desisti, nunca quis que ficasses magoada

Mas o amor que sinto em mim
Terá este triste fim?
Terei de ti abdicar?
Não, o meu mundo não vai parar

Ergo a cabeça pensando enfim
Não é este o nosso fim
Agarro em tuas mãos frias
Fazendo-lhe festas e pequenas avarias

Com esforço lá olhas por fim
O teu rosto molhado por mim
E eu apenas sorrio
Dou-te o meu casaco pois está frio

Vejo ainda no teu rosto aquele olhar
Que tudo faz parar
que me deixa assim sem jeito
a tremer as pernas e acelerado o meu peito

Quantas lágrimas derramei
E a minha alma lavei
Dei-te o meu coração
E a chave dele, está na tua mão


Open in new window

 
Autor
jomadosado
 
Texto
Data
Leituras
910
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
kripy
Publicado: 17/10/2013 11:40  Atualizado: 17/10/2013 11:40
Colaborador
Usuário desde: 26/05/2010
Localidade:
Mensagens: 3001
 Re: Traição
adorei...esse seu estilo de escrever,que me faz lembrar o meu..um abraço.