https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

; uivam algumas alcateias por entre árvores que se refugiam

 
;
;
;
;;
;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;
;
;
;
;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;
;;;;;;;;;;;;;;;
;
;;;;;;
;
;
;
;
;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;
;;;;;;;;;;;;;

; uivam algumas alcateias por entre árvores
que se refugiam
num salto elíptico formado no momento eterno

dos teus olhos nesse lado clareando o dia.

Tenho de ir
subitamente nasce uma opressão surda em mim
do que apenas ouço ou vejo

relembrando-me a brisa entrando por uma janela aberta
tocando bocas e mãos antes lavas perpétuas
cheias de cometas
estrelas estáticas
repousos
antecedendo viagens inúteis.

I

Enrolo o sonho mor que a intempérie frágil do gemido
iluminou
tempos
esperas
enquanto a manhã começa assim súbita
inútil
incrédula
enrolo o cigarro que fumo depois.


II

Sigo o caminho
não tenho como salvar-me de ti
aqui
tal como me pediste

[numa carícia pelo final de verão]

algures.


[liberta-me]





"Forfante de incha e de maninconia,
gualdido parafusa testaçudo.
Mas trefo e sengo nos vindima tudo
focinho rechaçando e galasia.
Anadiómena Afrodite? Não:"

("Afrodite? Não" Jorge de Sena)

 
Autor
F.Duarte
Autor
 
Texto
Data
Leituras
822
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
27 pontos
6
3
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
saraabreu
Publicado: 17/09/2014 21:00  Atualizado: 17/09/2014 21:00
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2014
Localidade:
Mensagens: 2423
 Re: ; uivam algumas alcateias por entre árvores que se re...
Entre a saudade imensa, daí um belo sonho e o coração se liberta e:


"Tenho de ir
subitamente nasce uma opressão surda em mim
do que apenas ouço ou vejo"

Fantástico cantar Duarte.

bj


Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 19/09/2014 05:21  Atualizado: 19/09/2014 05:21
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: ; uivam algumas alcateias por entre árvores que se re...
E se assim tu vieste... visto-me então de ti.
Obrigada imensamente. Bj


Enviado por Tópico
VCruz
Publicado: 21/09/2014 17:29  Atualizado: 21/09/2014 17:29
Colaborador
Usuário desde: 08/06/2011
Localidade:
Mensagens: 679
 Re: ; uivam algumas alcateias por entre árvores que se re...
Sempre fico na dúvida de quem gosto mais do Duarte ou do Transversal...
Os dois conversam comigo amiúde, embora o papo com Transversal seja num café num fim de tarde ou até muitas vezes no meio e um concerto, onde a comunicação só pode ser com o olhar...com o Duarte é na beira do cais, outras, numa taberna encharcados de vinho...rsrsr

Como gosto de te ler e fruir...aqui sempre navego...águas profundas e lugares inóspitos dentro de mim...

Duarte, deixar aqui uma "lembrancinha" (coisa de baiano...rsrs)
Bjão e obrigada pela oportunidade de ser tão eu...
V.