https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

(Pro)curando

 
como quisera viver sem ti
e esquecer como é a dor
de um amor partido

quisera eu nunca ter conhecido
assim nunca teria que aprender
a esquecer, alguém,
que, de tão linda beleza
me fez chorar
por desilusão.

como pudera estar por aí
senão comigo?!

como pudera saber de mim
e mesmo assim
renegar este sentimento,
que lhe dou como prova
de que te amo, te amo!

não suporto pensar
que estejas por aí
caminhando sozinha...
se estou aqui te desejando!
se estou te procurando!

não consigo, não quero, não posso!
ter que esquecer do olhar que me colocou nessa situação...
e por um mero capricho, do orgulho,
me deixou sem você.
é insuportável sentir e não tocar
querer e não beijar
amar e não viver...

é uma loucura, que deixa a alma nua
fazendo-me viajar sob a luz da lua
sonhando...

como meu coração não a esqueceu.
como quisera eu sair desta aflição.

como pudera conhecer do amor
e ter que esquecê-la
como quisera sair desta paixão
sem me ferir
se cada suspiro é um suplício.
para continuar vivendo

dói, castiga, suplico, com toda devoção
para que o amor nunca lhe falte
para que o sorriso nunca acabe
pois é nele que me inspiro
a continuar te procurando...





 
Autor
Charlie
Autor
 
Texto
Data
Leituras
587
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
24 pontos
4
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 18/01/2015 13:12  Atualizado: 18/01/2015 13:12
 Re: (Pro)curando
Vou dizer o que?

Que é triste, mas que é muito bonito!

Obrigada Charlie!

Abraços da Anggela