https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Ventre de peixe

 


barbatana
magoada
calejada
fora de água
esperando
a mesma
metamorfose
das larvas
que fazem
da tua
pele
a seda
dos
seus
dedos


Open in new window

 
Autor
Catópode
 
Texto
Data
Leituras
1007
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
34 pontos
2
4
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 12/02/2015 22:00  Atualizado: 12/02/2015 22:00
 Re: Ventre de peixe
Quase...Quase...
Quase vi o meu reflexo em suas letras.

Muito bom!

Abraços

Enviado por Tópico
MarySSantos
Publicado: 12/02/2015 22:27  Atualizado: 12/02/2015 22:27
Luso de Ouro
Usuário desde: 06/06/2012
Localidade: Macapá/Amapá - Brasil
Mensagens: 5477
 Re: Ventre de peixe
Boiando neste mar de ventre pro céu fico enquanto as borboletas eclodem das palavras. A seda da pele agradece...