https://www.poetris.com/
 
Prosas Poéticas : 

" PARA ME SENTIR...GENTE"

 
Tags:  intimista    reflecção  
 

https://www.youtube.com/watch?v=bkuvoRJOHcM&feature=youtu.be

"PARA ME SENTIR.....GENTE
deixem-me Ser....
deixem-me viver da minha forma,
como sou, transparente,
não ponham na minha boca,
palavras falsas,
ações devassas,
exijo, a LIBERDADE de ser diferente,
lavo a dor,
lavo a pele,
lavo o que mente,
lavo o interior, e o exterior,
com potente substancia, adstringente,
recuso viver na vossa vida aparente,
sou o que sou,
digo presente, à forma diferente de Ser gente,
e se não faço parte desse rebanho,
e se me recuso a aceitar o modo estranho,
como vivem os outros, é indiferente,
A inveja do ser humano é deprimente,
eu incomodo apenas porque Existo,
" lamentavelmente"

Rosa Martins

Texto- Rosa Martins
Voz- Elisabete Luis Fialho
Musica- Generico Sad Emocional Crying
Imagem- Foto/Google
 
Autor
lisa++
Autor
 
Texto
Data
Leituras
785
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
34 pontos
3
4
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 31/03/2015 15:20  Atualizado: 31/03/2015 15:20
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16261
 Re: " PARA ME SENTIR...GENTE"
Rosa
Apreciei a leitura!
Beijos!
Janna

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 31/03/2015 19:53  Atualizado: 31/03/2015 19:53
 Re: " PARA ME SENTIR...GENTE"
bela declamação, Elisabete, parabéns

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 09/04/2015 11:03  Atualizado: 09/04/2015 11:03
 Re: " PARA ME SENTIR...GENTE"
Sou um formidável dinamismo obrigado ao equilíbrio
De estar dentro do meu corpo, de não transbordar da minh'alma.
Ruge, estoira, vence, quebra, estrondeia, sacode,
Freme, treme, espuma, venta, viola, explode,
Perde-te, transcende-te, circunda-te, vive-te, rompe e foge,
Sê com todo o meu corpo todo o universo e a vida,
Arde com todo o meu ser todos os lumes e luzes,
Risca com toda a minha alma todos os relâmpagos e fogos,
Sobrevive-me em minha vida em todas as direções!

Álvaro de Campos