https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Ao léu

 
 
Ao léu
As vezes esta vestido de um dia para o outro as vezes esta vestido para toda a semana mas todos os dias esta vestido de dolencia e a noite coberto apenas com um lençol fino de esperança dorme acalentado pelo frio e amanhace invisivel ao olho humano a barba por fazer relapso e levemente umidecido pelo sereno
Ao léu se deita sob a lua e se cobre com estrelas se aconchega no colchao duro da rua enquanto a cigarra canta sua musica de ninar





 
Autor
vandin99
Autor
 
Texto
Data
Leituras
515
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
24 pontos
2
3
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martims
Publicado: 11/08/2015 18:37  Atualizado: 11/08/2015 19:09
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6823
 Re: Ao léu
As vezes temos que se vestir de algo, onde tudo é igual. Se cobrimos da ternura vindo dos olhjos acalentado pelo viver.

belo poema