https://www.poetris.com/
 
Prosas Poéticas : 

Voltar no tempo

 
Voltar no tempo
 
Decifra-me se puderes

encontra-me neste poema

tantas vezes reescrito

onde mergulho cada palavra

no tempo infiel e proscrito


Reserva-me todos os murmúrios

onde transformamos gargalhadas

em versos de prazer inédito

alimentando o sinédrio dos meus

juízos tão itinerários e frenéticos


Data-me o tempo

que se escoa na espessura

limítrofe do vento

Cubram-se os céus factuais

onde te invento

em vícios quase premíscuos

e delimito minhas orações

nas asas arfantes de um anjo

que vela até

meu arrependimento


Voltar no tempo

onde entreabimos a alma

com beijos

e atiçamos nosos seres

com abraços

que se apressam em fuga

delicadamente

mal a manhã vindoura

te ostente de vida inexoravelmente

FC

 
Autor
Frederico
 
Texto
Data
Leituras
345
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
20 pontos
0
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.