https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 ... 20 »
Offline
Frederico
Fosforescências
Ainda que decrépito o silêncio esponja-se no Lajedo deste tempo decadente e marginal Deixa a fu...
Enviado por Frederico
em 18/01/2019 21:03:00
Offline
Frederico
Close-up
De ecos deslumbrados renasce cada silêncio E entre a penugem da manhã redesenho este Fascinado so...
Enviado por Frederico
em 02/01/2019 14:51:09
Offline
Frederico
Palavras desatinadas
Deixo que os aromas primaveris revitalizem Aqueles perfumes costurados em naperons De palavras ...
Enviado por Frederico
em 18/12/2018 18:32:10
Offline
Frederico
Luminárias da noite
Decifro num gomo de luz uma insinuante palavra Ondulando pelas luminescências do tempo divergente...
Enviado por Frederico
em 07/11/2018 17:07:44
Offline
Frederico
Este meu fado
Arqueada vai agora a solidão uivando de fininho Até que, num pranto colérico e tão insano se reve...
Enviado por Frederico
em 09/09/2018 14:25:32
Offline
Frederico
Até tu...silêncio !
Na lezíria do tempo desnudo todo Sossego disperso numa lamúria acantonada Nesta esperança convers...
Enviado por Frederico
em 18/04/2018 17:12:57
Offline
Frederico
Solitário
Arrumei um gomo de luz que pendia Desta ilusão madrugando pela calada do dia Afagando todos os ru...
Enviado por Frederico
em 15/03/2018 20:26:08
Offline
Frederico
Estávamos tão perto...
Com suavidade a noite sútil esconde-se entre a Farta escuridão feminil, radiante, tão juvenil E n...
Enviado por Frederico
em 26/01/2018 18:23:35
Offline
Frederico
Precário silêncio
Descubro o véu do silêncio banhando O dia reverberando arguto…quase satírico Enquanto brame famin...
Enviado por Frederico
em 15/01/2018 17:16:31
Offline
Frederico
Silêncios de mim
Entrou o silêncio em mim Encravou-se nas prateleiras do tempo Onde arrumo, palavras dóceis arquiv...
Enviado por Frederico
em 15/12/2017 16:51:36
Offline
Frederico
Acaso...
Num súbito momento O acaso aconteceu Temida a hora tão remota se entristeceu Acaso o escuro bril...
Enviado por Frederico
em 05/12/2017 15:15:51
Offline
Frederico
Noites excêntricas
Vesti cada palavra com ritmos excepcionais Colori todos os vocábulos com um lirismo purificado Na...
Enviado por Frederico
em 13/11/2017 15:48:13
Offline
Frederico
Por uma noite...
Tresmalha-se a noite vagando pendurada Em cada sílaba dos meus lamentos deixando A luz insustenta...
Enviado por Frederico
em 29/10/2017 18:17:50
Offline
Frederico
Memórias unilaterais
Geme a alma, carente, castigada esculpindo o ser Fugitivo que forjo neste destino excursionando p...
Enviado por Frederico
em 16/10/2017 17:02:40
Offline
Frederico
Habeas corpus
Desprevenida chegou a noite Acoitou-se entre as silvas do tempo Denunciando a solidão que se pros...
Enviado por Frederico
em 06/10/2017 18:14:16
Offline
Frederico
Pedigree do silêncio
Fantasiou-se aquele sedutor olhar descendo Pela ruela dos encantos e alegrias percutoras Vestindo...
Enviado por Frederico
em 02/10/2017 17:45:17
Offline
Frederico
Sim...
Sim.. Arranhei todo o silêncio trepando pelas paredes Desta imensa alumbrada solidão Fechei cada ...
Enviado por Frederico
em 25/09/2017 19:08:02
Offline
Frederico
Vícios da memória
Vicio-me em cada memória Percorro a saudade repenicada Em cada momento do tempo Quando nas ruas o...
Enviado por Frederico
em 18/09/2017 18:44:38
Offline
Frederico
Murmúrios saltimbancos
O tempo passa por nós marcando cada etapa De esperança abraçada às lembranças agora convertidas E...
Enviado por Frederico
em 10/09/2017 15:54:41
Offline
Frederico
Presumível implicado
Vestem-se as brisas matutinas com perfumes Decantados naquele desnudo sorriso onde se Aconchega a...
Enviado por Frederico
em 04/09/2017 19:31:10
(1) 2 3 4 ... 20 »