https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Singularidades

 
Não é no eu que eu mais sinto,
que me sinto completa;
È naquele eu com que minto
se me sinto descoberta...

Quando alguém se deslumbrar
no plural do que é seu,
nesse seu eu singular,
encontrar-se, digo eu,
não será mérito seu;
É pura sorte ou azar.

 
Autor
Joanad'Arc
 
Texto
Data
Leituras
439
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
33 pontos
1
4
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 01/04/2016 14:25  Atualizado: 01/04/2016 14:25
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29356
 Re: Singularidades
Um lindo poema onde as palavras se pluralizam lindamente nos Estácio de um sou