https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Saudade : 

O que ficou de ti em mim...

 
Tags:  poesia  
 
Na expressão do teu sorriso encontrei paz, um certo dia,
como se nele pudesse afogar mágoas tão doídas,
E na paz encontrei inspiração para o meu próprio sorriso,
a fim de recompensar-te pela alegria
com que fui um certo dia recebida.

O teu sorriso e a expressão dele vivem em mim, nitidamente,
como naquela tarde ensolarada à beira-mar,
o meu coração saltava dentro do peito,
cada vez que a tua mão tocava de leve a minha.
No toque dos teus dedos encontrei a mim.
como se tivessem eles faíscas de magia;
e me reencontrando transformei-me em larva,
em mel, em palha dourada e macia.
em porcelana chinesa e antiga,
para recompensar-te pela ternura
com que me despertaste - um certo dia -
de um sono tão profundo

A minha transformação, não a percebeste,
sei bem disso, aposto que não conhecias,
nem a mim, nem às marcas do meu corpo
nem tão pouco ao inferno que me consumira.
Hoje pertences a um tempo que não existe,
como se em sonhos houvéssemos acontecido;
e só acredito que fomos dois - um certo dia -
quando percebo que o brilho dos meus olhos denuncia
o quanto de mim se transformou em ti,
o quanto de ti transformou a minha vida.

E.L.
2008/26/02


E.L.

 
Autor
Emilia Lamy
 
Texto
Data
Leituras
809
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Ramgad
Publicado: 01/03/2008 15:49  Atualizado: 01/03/2008 15:49
Colaborador
Usuário desde: 13/04/2007
Localidade:
Mensagens: 944
 Re: O que ficou de ti em mim...
Que bom foi ter saído da rotina e ligado meu computador agora para me deparar com esses belos poemas teus que parecem vício, li um e quis ler outro e outro...

Beijos
Ramgad

Enviado por Tópico
Doriana
Publicado: 01/03/2008 16:21  Atualizado: 01/03/2008 16:21
Da casa!
Usuário desde: 05/01/2008
Localidade: Rio de Janeiro
Mensagens: 353
 Re: O que ficou de ti em mim...
Olá Emília!
Não conhecia ainda suas poesias,e esta que acabei de ler me encantou!Apreciei muito a forma como o eu-lírico descreveu o modo pelo qual foi se auto-descobrindo e libertando através das ações de uma segunda pessoa [o seu amado,provavemente],que ao final,deixa seus traços marcados na vida desse eu-lírico.
Muito bonito,parabéns!

Enviado por Tópico
ana alves
Publicado: 01/03/2008 19:42  Atualizado: 01/03/2008 19:42
Da casa!
Usuário desde: 24/01/2008
Localidade: castelo branco
Mensagens: 391
 Re: O que ficou de ti em mim...
Seu poema fez me sentir como é bom vir a luso . adorei