https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Sociais : 

O Combatente

 
Tags:  reflexão    rimas    pensamento  
 
Escrevo para ser livre
Livrar da minha mente o pensamento que tive
Basta ler com atenção para se vê
Mas não é preciso entender
Talvez, entretanto, alguém irá perceber
O que nas minhas rimas tenho a dizer
Nelas os problemas que tenho e posso ter
Me sinto bem ao ver os problemas meus escrever
De uma maneira que posso compreender
E notar que posso deles esquecer
Foi essa a maneira que obtive
Para me sentir livre.

Quero usar as palavras
Elas conseguem deixar tudo a vista, são claras
E elas ainda conseguem ser, as vezes, tão vagas
Tantas palavras por mim já foram gastas
Não devo me preocupar, elas são vastas
Devem ser usadas com atenção, para não saírem caras
Palavras ferem, magoam, onerem
Portanto deve tomar cuidado,
Para que elas não causem algum machucado
Utilizá-las sem noção é um pecado
Tire um tempo com elas, seja dedicado
Para não ser, das outras pessoas, mal-amado
Delas usufruir me deixa inspirado.

Quero escrever até esvaziar a mente
Isso me deixaria um tanto quanto contente
Admito ser um pouco persistente
Por algumas vezes chamado de "Insistente"
Por outras, chamado de "Imprudente"
Mas talvez seja um defeito permanente, infelizmente
Quem sabe no fim me torne impotente
Não importa os problemas futuros
Serei resistente, o combatente.

Uma guerra diferenciada
Uma extensa caminhada
As professoras de português
Estão exaltadas
Lá no campo também o inglês
O chinês, japonês, francês
Os poetas usam seus versos como munição
Discriminadores se disfarçam na multidão
Escravos de uma mente em prisão
Se liberte e seja livre, meu irmão
Cessar a guerra com sangue em sua mão
E em sua outra segurando teu coração
Um combatente que se tornou uma piada
Uma mente discriminada!

 
Autor
AteopPensador
 
Texto
Data
Leituras
575
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
20 pontos
0
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.