https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Dentro de um casulo de cravos plantados à beira-mar

 
Tags:  @cartascemremetente  
 


amor, esse mar de escombros, que carrego dentro de tantos corpos, fluem de um copo vazio, onde o vício se transforma num ruído de papel, encravado na fita seca da máquina de escrever, que o penhorista me levou para pagar a última garrafa de vodka. A música repete-se “La Bohème”, e no alto da escadaria perdem-se degraus, os corpos nus já não se passeiam, mas a fome contínua dispersa pela sala, pelas ruas e os corpos continuam a tombar dentro de mim. Dentro de um casulo de cravos plantados à beira-mar. Descanso agora no agasalho dos meus antepassados, mortos por uma tosse convulsa ou pela febre compulsiva dos fascistas. Agora que ceguei ainda consigo fotografar os punhos erguidos do Zeca gritarem; “Vão dizendo em toda a parte o pintor morreu”.
A tinta continua a sangrar em pequenos pincéis, sei que uma dessas gotas será minha até ao fim…

Conceição Bernardino


A coragem é a primeira das qualidades humanas porque garante todas as outras.
Aristóteles

meu Blog - http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

Blog da Lavra...Boletim de Poesia - http://lavraboletimdepoesia.blogspot.com/

@cartascemremetente

 
Autor
Conceição Bernardino
 
Texto
Data
Leituras
336
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
2
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 21/11/2016 00:58  Atualizado: 21/11/2016 00:58
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9305
 Re: Dentro de um casulo de cravos plantados à beira-mar
Boa noite Conceição, a vida humana é uma teimosia entre o real e o subjetivo, e os teus versos nos dão uma dimensão do quanto cada um é importante para dar credibilidade a nossa sacralidade, e despojamento ao nosso despudor, com estes dois elementos se alternando no comando a vida humana esta prossegue até o seu suspiro final, parabéns pelo vosso incisivo poema, eu te desejo uma semana de muitas satisfações, um abraço,MJ.

Enviado por Tópico
Peta
Publicado: 21/11/2016 11:14  Atualizado: 21/11/2016 11:14
Colaborador
Usuário desde: 24/06/2015
Localidade: Lisboa
Mensagens: 669
 Re: Dentro de um casulo de cravos plantados à beira-mar
Não terás o fim, pois, essas gotas gravarão eternamente a tua memória no branco do papel.

Peta