https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Parto do Princípio

 
Parto sempre do princípio
Que não tenho nenhum motivo
Para dar asas amplas à minha fugacidade
Já que eu penso, por isso eu vivo,
E mora muito perto esta tal felicidade.

Numa boa: Quando chego na superfície
Lisa da água cristalina de uma lagoa,
Vou tateando o fundo, pé ante pé,
Sem sequer me importar se existe
Prumo ou se misturo o lé com o cré.

Em mares nunca navegados dantes
É que me surgiu esta ideia na mente
Quando furtei a citação de Cervantes
Porém de uma forma nova, diferente.

Nem tudo precisa ser certo e sensato
Tampouco preciso seguir alguma direção
Sempre me lembro daquela bifurcação
Onde Alice encontrou o sorridente gato.

Confesso que muito li e muita leitura engana.
Todavia é um farsa que muita gente pede e quer.
Por exemplo: Nunca entendi o "Albatroz" de Baudelaire
E nunca soube, do "Os Lusíadas", onde fica a Trapobana.

Não me importa de quem são as casas
Ou o adágio de que " A Inês já está morta"
O que me preocupa é se está aberta a porta
Ou as janelas para que eu possa abrir minha asas.

Minha Terra tem bananeiras
Onde canta o Bem-te-vi
Onde as "Irmãs Cajazeiras"
São de uma peça que nunca li.

Não que eu não goste de Dias Gomes.
Pelo contrário: Menti: Já li o "Bem Amado"
Mas a rima era precisa e preciso os nomes
Para que o romance não ficasse alijado.


E todo poema é um pouco de oxigênio
Para quem encontra-se num quarto abafado
Como diria Quintana ( Um poeta! Um Gênio!):
"Quem faz um poema, salva um afogado".



Gyl Ferrys

 
Autor
Gyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
303
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
26 pontos
10
4
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Rogério Beça
Publicado: 31/05/2017 17:36  Atualizado: 31/05/2017 17:55
Colaborador
Usuário desde: 06/11/2007
Localidade:
Mensagens: 1618
 Re: Parto do Princípio
"Quem faz um poema salva um afogado" de morrer à seca (aborrecimento).
Tens momentos magníficos neste poema. Mas estou habituado. Não sabes escrever mal. Acho que isso também é defeito.

"... o que me importa é se está aberta a porta/e as janelas para que possa abrir as minhas asas..."
Essa quadra é um lema de vida que sigo. Estes dois últimos versos um estrondo.
Tudo influencia, certo? As leituras, muito. E permite o crescimento/amadurecimento. Mas as experiências do dia-a-dia desde a aurora ao poente.
Bela reflexão que soa, perdoa-me, também a murro na mesa!
Esclarecidos.
Estamos juntos irmão de letras...

Abraço


Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 31/05/2017 20:17  Atualizado: 31/05/2017 20:18
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
 Re: Parto do Princípio / PARA GYL
Depois do comentário fantástico de Rogério Beça, onde entrevi admiração e erudição , sinto-me até tímida em expor meu pensamento. Ficaria aqui lendo o poema e o comentário do dele.

Sabedora do teu gosto refinado pela literatura, querido Gyl, não me admiro da maestria que usas em teus poemas. E o que eu leio aqui?
Um resumo sensacional, um tratado poético de obras famosas e importantes, para chuviscar poesia em teu poema.
De Cervantes, passando de raspão por Lewis Carroll e sua Alice, depois pelo grande poeta Baudelaire com o poema mais intrigante de sua autoria, um salto em Os Luzíadas, e a expressão tirada da obra de Camões, para uma coroação que não faz mais sentido , porque a Inês está morta mesmo, até ao contemporâneo Dias Gomes, com as suas Cajazeiras, e de quebra pra finalizar, um dos meus poetas favoritos: Mario Quintana!

Nada mais direi! Noossa, comentei demais. rsrssr

Parabéns meu querido poeta erudito do Luso.
Bjos da amiga e fã !


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 31/05/2017 20:26  Atualizado: 31/05/2017 20:26
 Re: Parto do Princípio
> nunca soube, do "Os Lusíadas" onde fica a Trapobana

nem eu. até que movido pela indagação fui procurar no google, que me informa que é o SriLanka, antes chamado Ceilão, antes Trapobana...

sempre pensei que fosse perto de Pasárgada... a ignorância é uma benção


Enviado por Tópico
JoeWeirdo
Publicado: 02/06/2017 12:38  Atualizado: 02/06/2017 12:38
Da casa!
Usuário desde: 11/03/2010
Localidade:
Mensagens: 435
 Re: Parto do Princípio
E salva mesmo.


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 04/06/2017 11:30  Atualizado: 04/06/2017 11:30
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29402
 Re: Parto do Princípio
Poema que esta uma maravilha, de encher nosso olhos de tanta beleza