https://www.poetris.com/
Sonetos : 

FEMINICÍDIO

 
Tags:  SONETOS 2017  
 
FEMINICÍDIO

O corno do meu ex quem me matou...
Foi me sangrando as carnes feito presa.
Seu gesto fora de ódio, não tristeza
Pelo amor que era pouco e se acabou.

Depois que tudo aquilo se passou,
Fugiu d'ali correndo na certeza
Que s'eu de suas mãos saísse ilesa
Ele não seria o homem que pensou.

Em face da barbárie consumada,
O povo só se admira; não faz nada,
Senão me ver culpada por ser morta:

Figuro como crime passional,
Estampado na capa d'um jornal,
Que mais uma estatística reporta.

Betim - 11 10 2017


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
68
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 12/10/2017 15:40  Atualizado: 12/10/2017 15:40
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 8656
 Re: FEMINICÍDIO
Bom dia Ricardo, teus versos retratam bem esta brutalidade de muitos seres humanos que ceifam vidas em nome de um amor que não conseguem expressar, e nos faz duvidarmos copiosamente, parabéns pelo vosso incisivo soneto, um abraço, MJ.