https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Silêncio do coração

 
Silêncio do coração
 

Oiço a fricção das coisas
nas fendas das feridas
por cicatrizar…

As palavras desabam
tentam subir
pousando no meu peito.

Vertem
em gotas de prata…
As trevas absolutas
que me assombram
esbatem…

O sol torna-se líquido
Derrete
No teu sorriso…
Brilha sob as fendas
das falas não ditas.

Volto-me para dentro
Oiço a voz….
O coração que transborda
Três gotas de sangue.

Toco-te no rosto
com a ponta dos dedos
Persuadindo a fala
enviando uma mensagem…

Veiculo próximo
Ligado ao coração
Tentando dizer-te
Amo-te…
E lamento ter de te deixar.

CA

 
Autor
Carii
Autor
 
Texto
Data
Leituras
410
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
23 pontos
9
3
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Joel-Matos
Publicado: 12/12/2017 10:03  Atualizado: 12/12/2017 10:03
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 1943
 Re: Silêncio por opção
Open in new window


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/12/2017 10:10  Atualizado: 13/12/2017 10:10
 Re: Silêncio do coração
Só uma palavra... PERFEITO


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 21/12/2017 09:55  Atualizado: 21/12/2017 09:55
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29159
 Re: Silêncio do coração
Nosso corações quando ficam em silêncio, algo a mais esata dentro do seu pulsar


Enviado por Tópico
Joel-Matos
Publicado: 22/12/2017 12:11  Atualizado: 22/12/2017 12:11
Subscritor
Usuário desde: 24/02/2017
Localidade: Azeitão/Setúbal, Portugal
Mensagens: 1943
 Re: Silêncio do coração
[i















]"Um dia nosso silêncio será mais poderoso do que as vozes que hoje vocês sufocam"


















[/i]

Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 22/12/2017 16:49  Atualizado: 22/12/2017 16:49
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12487
 Re: Silêncio do coração P/Carii
...a cabeça pensa, o coração bate e a boca faz silêncio!
Adorei, beijinhos e um Santo Natal!