https://www.poetris.com/
Poemas : 

VISÃO GERAL

 
Da minha janela vi
O vento beijando a luz
Meu olhar cruzando a distância
O casal de pássaros sedentos, voando

Da minha janela vi
O dia querendo a noite
Suas mãos acariciando meu peito
Era uma saudade roçando meus desejos

Minha janela era uma ilusão
O vento e os desejos, verdades
Vivem presos por ela
Minha janela


José Veríssimo

 
Autor
veríssimo
 
Texto
Data
Leituras
146
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.