https://www.poetris.com/
Poemas : 

Alhures

 
A vida é difícil,
Ela sempre o fora.
Ela é agora,
E será depois.

Dois a dois os sistemas se foram,
E mesmo "não sendo" se entreolhan:
- Não seria um dia lindo?
- Será um dia findo!

Agora já não tem
O que tivera.
Virou uma fera
E se transformou.

Ele acha que "não é" mesmo sendo,
Disso já estou sabendo.
O "ser" vê o "ser"
Como o "não sendo'.

A falta de objetivos finais,
Fez armar os funerais,
Fez a alegria do ser,
Não se alegrar e morrer.

Não fique sentado, querido garoto...
Por que se ficar mais um pouco....
Vai fundir-se ao sofá
E sempre ficará lá!

Sabe por que Morreu?
Tudo o que ocorreu
Foi por tudo que antecedeu!
Você brincava com fogo!

Doce senhora.... A mais doce das mais doces!!!
Foi aos poucos desaparecendo....
E a alegria que trás a todos que ama,
Como ela ficará sem você?

Tudo que o satisfez
Foi ser tudo para todos.
Tudo que o satisfez
Foi não ser nada para si mesmo.

Ah!... E todas as outras
As questões da vida...
A única saída
É apenas viver.


Rafael Carneiro


 
Autor
Rafaelcarma
 
Texto
Data
Leituras
160
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 22/07/2018 12:18  Atualizado: 22/07/2018 12:18
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 15161
 Re: Alhures
Muito bacana, Brother! Lembrou-me uma canção de Pink Floyd. destaco este trecho que me fez bem:

"Dois a dois os sistemas se foram,
E mesmo "não sendo" se entreolhan:
- Não seria um dia lindo?
- Será um dia findo!"

Um abraço!