https://www.poetris.com/
Poemas -> Fantasia : 

De repente

 
Senti, assim de repente,
o perfume
da brisa, que me acariciou
ao passar por mim...

mas...seria mesmo da brisa,
a carícia
ou seria do meu pensamento
que se sentia nostálgico?

Não sei,
não tenho essa faculdade
de adivinhar o voo dos sentimentos…

por isso, serenamente,
deixei-me a aspirar aquela fragrância
que me fazia sentir bem
e pensar que estaria em outro espaço
que não este, de desatinos

José Carlos Moutinho
4/12/18

Decreto-Lei, nº 63/85
dos direitos do autor



 
Autor
zemoutinho
 
Texto
Data
Leituras
35
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.