https://www.poetris.com/
Poemas : 

Morada, ou onde se de-mora

 
Em cada credo
há uma memória futura
que ressoa como esquecido eco…

Mas, apenas crendo,
essa força feita de ar e imaginação,
é que o mais próximo nos habita.

Seja no primeiro passo,
na viagem,
no destino.


A minha pátria é a língua portuguesa.
Bernardo Soares

Saibam que agradeço todos os comentários, de coração...
Por regra não respondo.



 
Autor
Rogério Beça
 
Texto
Data
Leituras
156
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
20 pontos
0
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.