https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Exupéry

 
A vez primeira, se não minto,
Que eu a vi,
Estavas sentada ali
Próxima ao campo de trigo.

Eu quis lhe dá pascigo,
Dar-lhe teto e casa
Ofereci-te abrigo
Embaixo da minha asa.

Chamei, clamei por ti.
Sentou-se mais perto
Foi se afastando o deserto
Que havia dentro de mim.

Criamos laços e os abraços
Se tornaram trocas de beijos
E toda vez que os teus cabelos vejo
Lembro do trigo nos campos de aços.

A primeira vez que eu te senti
Aqui, bem dentro do meu peito,
Foi num dia mais que perfeito
Num trecho de Saint-Exupéry.




Gyl Ferrys

 
Autor
Gyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
328
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
20 pontos
10
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 15/12/2019 16:59  Atualizado: 15/12/2019 16:59
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11191
 Re: Exupéry
Gyl,

Interessante!
Bj
Nanda


Enviado por Tópico
Violante
Publicado: 15/12/2019 17:54  Atualizado: 15/12/2019 17:54
Da casa!
Usuário desde: 10/09/2019
Localidade: Campinas, Brasil
Mensagens: 321
 Re: Exupéry
Olá Gyl

Uma primeira vez com encanto. Beleza.

Carpe diem.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/12/2019 18:46  Atualizado: 15/12/2019 18:46
 Re: Exupéry
.
Uma intersecção de imagens e sensações, entre "Le Petit Prince" e a experiência pessoal do "eu".
Uma perspetiva luminosa de uma obra que, para mim, sempre foi de uma melancolia muito profunda. E que ainda hoje me impressiona.


Enviado por Tópico
ZESILVEIRADOBRASIL
Publicado: 16/12/2019 14:15  Atualizado: 16/12/2019 14:15
Membro de honra
Usuário desde: 22/11/2018
Localidade: RIO - Brasil
Mensagens: 324
 Re: Exupéry
assim li... alheio a vontade, o devaneio aflorou-se intrínseco pelo imagético e deambulou pela poesia..

meu abraço caRIOca!

Feliz Natal!