https://www.poetris.com/
Poemas : 

O Poeta, O Poema E A Poesia

 
Ah, o poeta!
As pessoas do Pessoa
O ópio de Baudelaire
O palhaço e o pateta
O Patativa do Assaré...

Shakespeare e a cotovia
Um verso de Safo de Lesbos
Os filhos do vento Zéfiro
De Ferreira Gullar a poesia...

Ah, a poesia!
A rima ou a prosa poética
A Odisseia ou Os Lusíadas
Dante e a Divina comédia...

A Eneida do vate Virgílio
A Galateia de Cervantes
As delícias ditas por Cícero
O júbilo de todos amantes.

Ah, o poema!
Um filho bem parido
Com o suor da pena
Talvez nasça Quasímodo
Talvez a Deusa Atena

Às vezes uma cesariana
Outras por parto normal
Aquilo que a gente se ama
Não corta o cordão umbilical.

Ah, o poema!
A sonoridade das rimas
As figuras de linguagens
As estrofes cristalinas
Decantando as paragens!

Os atos humanos e a Natura
As aventuras dos covardes
As conquistas das criaturas
Os profetas e seus milagres.

Ah, o Homem!
Pensante pote de barro
Que mata a sede a fome
Que beija e cospe o escarro...

Se julgando o melhor entre os seus
Numa busca eterna e transcendente
Que alguns veem com chifres e tridente
Outros como a própria imagem de... Deus!




Gyl Ferrys

 
Autor
Gyl
Autor
 
Texto
Data
Leituras
192
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
17 pontos
3
3
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Juanito
Publicado: 01/08/2020 22:26  Atualizado: 01/08/2020 22:26
Colaborador
Usuário desde: 26/12/2016
Localidade: España
Mensagens: 2902
 Re: O Poeta, O Poema E A Poesia
Maravilhoso, estimado poeta!

A poesia, quem a faz e tudo quanto alcança a alma de quem a sente, são coisas que pertencem a mundos desconhecidos.

Meus parabéns e um abraço!


Enviado por Tópico
Yasmim♡
Publicado: 24/09/2020 15:39  Atualizado: 24/09/2020 15:39
Muito Participativo
Usuário desde: 08/04/2015
Localidade:
Mensagens: 71
 Re: O Poeta, O Poema E A Poesia
Ah! A poesia
De rimas delirantes
E versos tão sutis
Nos faz viajar no tempo
Delicioso versar do Gyl!