https://www.poetris.com/
Textos -> Outros : 

Ela, sem cabeça, ele, sem coração

 
Tags:  paixão    visão    ouvido    unhas    estômago  
 
Há quem não tenha um membro, um dente, um olho…
Há quem não tenha estômago para certas coisas, quem não tenha ouvido, quem não tenha cabeça, porque a perderam, ou porque nunca a tiveram…
Há quem não tenha dois dedos de testa, unhas para tocar guitarra, canetas para a corrida, fibra, garra, talento, paixão, coragem, fé, inteligência, juízo, cérebro, governo, dinheiro, visão…
Mas o pior de tudo é não ter coração.
Por isso, devemos ir ao médico, de vez em quando, para ele verificar.
A cabeça até pode estar noutro lugar, que não em cima dos ombros.
Quem não ouviu ainda: "onde é que tens a cabeça?".
E o coração pode estar longe, preso a algum tesouro "o teu coração estará onde estiver o teu tesouro", possivelmente inacessível dentro de algum cofre forte.
Neste caso, o médico pode receitar umas drogas para esquecer o tesouro. Aos poucos o coração recomeçará os batimentos no lado certo.
Assim sendo não é bom ter um tesouro.
Pelo menos, não é bom que esteja longe e, se já tiver passado a fronteira para o outro mundo, o pior que pode acontecer é rogar a deus que "tão cedo de cá me leve a ver-te, quão cedo de meus olhos te levou".
E não estou a brincar. Camões não era para brincadeiras, sabia o que escrevia.






 
Autor
Carlos Ricardo
 
Texto
Data
Leituras
89
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
14 pontos
2
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 13/08/2020 09:15  Atualizado: 13/08/2020 09:15
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade:
Mensagens: 3228
 Re: Ela, sem cabeça, ele, sem coração



Tanta sabedoria como simplicidade

Excelente


um abraço poeta Carlos Ricardo